Defesa de Luis Manvailer, principal suspeito da morte de Tatiane Spitzner, pede ajuda psiqui√°trica urgente

331

A defesa do professor Lu√≠s Felipe Manvailer, 32 anos, acusado de matar a esposa Tatiane Spitzner, 29 anos, pede que ele seja transferido do pres√≠dio de Guarapuava, no Paran√°, para tratamento psiqui√°trico, ap√≥s tentativa de suic√≠dio. As informa√ß√Ķes s√£o do portal G1.

Luis Manvailer teria tentado suicídio e seus advogados reividicam sua transferência para tratamento | Foto : Reprodução/Facebook
Luis Manvailer teria tentado suicídio e seus advogados reividicam sua transferência para tratamento | Foto : Reprodução/Facebook

Tatiane era advogada e foi encontrada morta no dia 22 de julho ap√≥s cair do 4¬į andar do pr√©dio onde morava com Manvalier. Imagens das c√Ęmeras de seguran√ßa mostram que suspeito a agrediu durante 20 minutos antes da queda.

Preso após tentar fugir, o professor nega ter cometido o crime e afirma que Tatiane teria se jogado. No entanto, o laudo da perícia indica fraturas no pescoço da mulher, consistentes com as de alguém que sofreu esganadura.

A defesa do acusado diz que o homem está profundamente abalado e apresenta um quadro de depressão profunda. A penitenciária informou que o professor apresentava hematomas no pescoço e que, aparentemente, havia se cortado.

Confira os v√≠deos das agress√Ķes:

Coment√°rios