Delegada pede prisão de Blogueira que mordeu e arrancou 80% de lábio de mulher

6509

Nesta segunda-feira (25/2) a delegada Alynne Lima, do 16º Distrito Integrado de Polícia (DIP), pediu na justiça a prisão preventiva da blogueira, Samara Silva Pinheiro, 19 anos.

Conhecida como Samara Pavanelly, a blogueira é acusada de lesão corporal grave contra uma funcionária pública de 35 anos, que teve cerca de 80% do lábio decepado com uma mordida.

A vítima continua internada no Hospital e Pronto Socorro João Lúcio e deverá fazer uma nova cirurgia na próxima terça-feira (26/2), para reconstituição do lábio inferior parcialmente decepado.

O médico cirurgião plástico, Gustavo Cabrera, especialista em microcirurgia reparadora, contou a intervenção cirúrgica será uma nova etapa da reconstrução labial, com injeção de pele. Depois a jovem deverá ter alta. O processo de cicatrização será mais longo e o mais importante é o restauro da função do lábio, que tem movimento muscular. Dentro de dois meses o médico espera ter um resultado da cirurgia, que fez a conexão dos nervos no local da mordida.

Jovem precisou fazer microcirurgia reparadora. / Foto: Divulgação
Jovem precisou fazer microcirurgia reparadora. / Foto: Divulgação

Durante depoimento à polícia, Samara Pavanelly alegou legítima defesa e que a mordida foi dada na hora do calor da confusão, sem ter a medida exata do dano. Mas a blogueira deve responder judicialmente por lesão corporal de natureza gravíssima.

Entenda o caso

A blogueira que atende nas redes sociais como Samara Pavanelly, deve responder judicialmente a um processo por lesão corporal de natureza gravíssima acusada de arrancar parte dos lábios de uma funcionária pública de 35 anos, durante uma briga num posto de gasolina no Aleixo.

O caso foi registrado no 16º Distrito Integrado de Polícia (DIP), responsável pela investigação. A sequência de agressões começou no estacionamento de uma área comercial na avenida Ephigênio Sales, na madrugada da última sexta-feira, conforme Boletim de Ocorrência (BO). A publicitária Ana Rosa Cardoso, 35, que estava com a vítima e também foi agredida, fez o BO.

O advogado das vítimas, André Luiz Simonetti Ribeiro de Souza, contou mais detalhes da briga que virou caso de polícia. “As vítimas e um amigo estavam saindo de uma lanchonete, no mesmo centro comercial, indo para o carro, quando foram parados por um homem de nome Fernando, que estava com Samara. Ele foi tomar satisfação de que estariam falando mal dela. Lembrando que nenhum deles se conhecia, nem agressores nem vítimas”, contou Simonetti.

Na sequência, segundo declarações do registro de ocorrência, Samara saiu do carro e começou um bate-boca, que terminou com um tapa dela na publicitária. “Seguranças de um bar no local foram conter a confusão, e depois de xingamentos e agressões verbais de baixo calão, todos foram embora. Mas depois acabaram se cruzando num posto na André Araújo, onde reiniciou a confusão. Samara agrediu muito a funcionária pública e arrancou parte do lábio dela. Ela só percebeu que estava tão ferida assim quando entrou no carro, toda ensaguentada”, disse o advogado.

Fonte: Portal do Marcos Santos

Comentários