Delegado aparece em novo vídeo largando “ripadas” em presos

34

O delegado Daniel Pedreiro Trindade aparece em novo vídeo largando “ripadas” nos  presos na delegacia do município de Juruá (AM), distante 571 quilômetros de Manaus.

Em junho deste ano, outro vídeo do delegado Daniel Pedreiro Trindade bombou nas redes sociais, nas imagens aparece o delegado atuando como uma espécie de juiz da luta entre presos da 70ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP).

O delegado, atualmente afastado, agride com dez ripadas nas mãos um preso ainda aplica as ripadas na sola dos pés no mesmo preso, que não aguentava mais apanhar nas mãos. Um outro preso, durante as agressões, pede para cessar as ‘ripadas’, porém, o delegado diz que ainda não concluiu o castigo. As agressões são feitas dentro das celas na presença de outros presos que aguardam a sua vez na fila. As cenas foram gravadas no dia 17 de maio deste ano, quando Trindade ainda não estava afastado e  atuava como delegado no município de Juruá. Daniel Trindade nega as agressões ao presos de Juruá, e diz que ministra aulas teóricas e práticas de jiu-jitsu e MMA ao presos, para ajudá-los no processo de ressocialização, diz que.

Entretanto, a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) informa  que ele continua afastado de suas atribuições conforme determinação de portaria da Corregedoria Geral do Sistema de Segurança Pública. O delegado, denunciado por incitar brigas entre detentos dentro da delegacia, entrou com um mandado de segurança alegando que a decisão da Polícia Civil foi ilegal. Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), informou que o delegado Daniel  Trindade também está sendo investigado pela Corregedoria da pasta pelo possível abuso sexual de cinco meninas, todas com idades entre 11 e 16 anos. O processo contra ele segue aberto.

Imagem de Divulgação
Imagem de Divulgação

 

Comentários

comentários

Loading...