Delegado diz que uso de farda militar pode ter motivado linchamento de jovem

382

O uso de fardamento do colégio da Polícia Militar é motivo de investigação para a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) na morte do estudante Kayube de Carvalho Oliveira, de 16 anos. O adolescente foi espancado até a morte com pedaços de pau e capacetes no dia 5 deste mês.

A suspeita inicial era de que o jovem havia sido confundido com um ladrão. Segundo o delegado Jeff David Mac Donald, a DEHS suspeita de dois motivos: falsa comunicação de crime e outra motivação seria apenas pelo fato do adolescente ser estudante da escola da Polícia Militar, o que representaria uma afronta para os traficantes da área já que o adolescente usava a farda da escola. Ainda de acordo com o delegado, a prisão de Vinícius será importante para esclarecer quem são os outros envolvidos no homicídio.

(Foto: Jair Ara√ļjo)
(Foto: Jair Ara√ļjo)

“No momento da pris√£o, ele chegou a confirmar que estava no local da ocorr√™ncia, mas negou autoria. Depois, com mais informa√ß√Ķes que t√≠nhamos, ele confirmou, inclusive, ter feito uso de uma pedra para tacar no adolescente. Chegamos nele atrav√©s de informa√ß√Ķes oriundas do 190, ou seja, a popula√ß√£o pode contar que todas as informa√ß√Ķes sobre esse fato e outros fatos ser√£o apuradas para chegar na verdade”, disse o tenente-coronel Fabiano B√≥, que comanda o Comando de Policiamento de √Ārea (CPA) Leste respons√°vel pela pris√£o.

Vinicius fez uma ora√ß√£o chorando dizendo que n√£o queria morrer e sabia quem eram todos os envolvidos na morte do adolescente. “Oh meu Deus, eu n√£o quero morrer… Eu sei quem s√£o todos que estavam l√°”, disse. Segundo ele, aproximadamente 20 pessoas agrediram o jovem.

Vinicius, diz ser usu√°rio de drogas e que j√° matou um homem na adolesc√™ncia. “O desgra√ßado bateu na minha m√£e. Matei ele”.

Coment√°rios