Denúncia: PMs trabalham à paisana por não receber fardamento há quatro anos no Amazonas

2

Na tarde de quinta-feira (7/7), foi publicada na pagina do Facebook “Tribuna dos Praças“, destinada para a defesa dos direitos da categoria, a denuncia que policiais militares estão trabalhando à paisana porque  não recebem fardamento, há quatro anos.

Policiais militares estão trabalhando à paisana porque há quatro anos não recebem fardamento.
Policiais militares estão trabalhando à paisana porque há quatro anos não recebem fardamento.

Segundo a publicação, os PMs  são obrigados a prestar serviço com precárias condições de seus equipamentos de uso individual, e alguns policiais estão indo para o posto de serviço à paisana, pois não dispõe mais de uniforme adequado e nem dinheiro para custeá-lo à parte. Além disso, o calçado já mostra situação de desuso e obriga o policial a usar um tênis no lugar do artigo militar.

Ainda de acordo a denúncia, a situação se repete em quartéis da PMAM, tanto na capital como no interior.

A postagem alega que o coronel Augusto César Farias Pereira estaria envolvido no esquema do desvio R$ 16 milhões destinados aos 332 mil uniformes da corporação no ano de 2011, época do último concurso da PMAM.

Sem equipamentos de uso individual, incluindo fardamento especializado, o policial militar não é obrigado a atuar na segurança pública do Estado.

Confira a denuncia na integra:

Policiais militares estão trabalhando à paisana porque há quatro anos não recebem fardamento.
Policiais militares estão trabalhando à paisana porque há quatro anos não recebem fardamento.
Policiais militares estão trabalhando à paisana porque há quatro anos não recebem fardamento.
Policiais militares estão trabalhando à paisana porque há quatro anos não recebem fardamento.

Nossa equipe tentou contato com a assessoria de imprensa da PM sem sucesso.

Curte nosso conteúdo?!

Receba as notícias diretamente no seu e-mail:

COMPARTILHAR

Comentários