Depois da indignação popular, José Melo exonera Alberto Pelegrine

4

O Governador José Melo exonerou, na segunda-feira (20/6), o funcionário da Rádio Difusora, Alberto Pelegrine que aparecia na folha de pagamento da Casa Civil do Amazonas, com salário de R$ 4.209,79 (mensal). O caso repercutiu nas redes sociais, pois Pelegrine é funcionário da Difusora, de propriedade do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Josué Filho.

Além do repórter a folha de pagamento do estado também comporta parentes de juiz , e os gastos vão ate  R$ 34,8 milhões.

Pelegrine sempre elogiava o governador, nas transmissões da rádio, quase que de forma institucional. A exoneração do repórter também está assinada pelo secretário Raul Zaidan.

O governador José Melo alega falta de recursos para Saúde, mas não falta dinheiro para pagar os altíssimos salários dos cargos comissionados dos seus amigos e parentes do grupo político.

São 568 funcionários na Casa Civil, só em 2016 o Governo do Amazonas pagou R$ 14,4 milhões com os salários desses servidores.

Depois da indignação popular, José Melo exonera Alberto Pelegrine
Depois da indignação popular, José Melo exonera Alberto Pelegrine

Comentários

comentários

Loading...