Deputados Estaduais do Amazonas aprovam reajuste do ICMS

344

Na manhã desta quarta-feira (29/3) a maioria dos deputados da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) aprovou o Projeto de Lei n° 26/2017, que prevê o aumento de 2% na alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), para produtos como: prestação de serviço de comunicação de televisão por assinatura, perfumes, produtos de beleza ou de maquiagem, cigarro, bebidas alcoólicas e combustíveis.

Foto: Aleam
Foto: Aleam

Os deputados que votaram a favor foram: Abdala Fraxe, Belarmino Lins, Cabo Maciel, Dermilson Chagas, Dr Gomes, Francisco Souza, Josué Neto, Orlando Cidade, Platiny Soares, Ricardo Nicolau, Sabá Reis e Sidney Leite.  

Os deputados que votaram contra o aumento foram: Alessandra Campelo, Augusto Ferraz, Bosco Saraiva, José Ricardo, Luiz Castro, Serafim Correa, Sinésio Campos, Vicente Lopes e Wanderley Dallas.

As abstenções foram: Adjunto Afonso, Carlos Alberto e David Almeida.

Segundo o governo, com o aumento do imposto será possível melhorar os recursos que atende a pessoas carentes no Amazonas, como o Fundo de Promoção Social do Governo.

O projeto chegou a ser retirado da pauta após a base governista sofrer pressão da oposição e de empresários. Mas mesmo com o protesto, a maioria dos deputados estaduais votou a favor do adicional de 2% no ICMS.

As cobranças aprovadas no projeto entram em vigor em 90 dias. Deputados de oposição dizem que irão ingressar com ação na Justiça contra aumento.

 

 

Curte nosso conteúdo?!

Receba as notícias diretamente no seu e-mail:

COMPARTILHAR

Comentários