Dezembro bate recorde de demissões em Manaus

8

Cerca de 1.800 pessoas são demitidas do PIM só em dezembro, diz Sindmetal-AM

FOTO REPRODUÇÃO
FOTO REPRODUÇÃO

De acordo com o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Estado do Amazonas a campeã em demissões foi a Microsoft, com 1.200 demitidos; só hoje (11), 500 trabalhadores assinaram a homologação de demissão.

FOTO REPRODUÇÃO
FOTO REPRODUÇÃO

Os efeitos da crise econômica no nível de empregos continuam impactando a indústria local. Só neste mês, cerca de 1.800 pessoas foram demitidas do Polo Industrial de Manaus. Os dados são do Sindicato dos Metalúrgicos do Estado do Amazonas (Sindmetal-AM).

Valdemir Santana, presidente do sindicato, informou que os dados mais graves são da empresa Microsoft, que vendeu a fábrica que tinha da Zona Franca de Manaus, encerrando suas operações na capital. O resultado, segundo Santana, foi de 1.200 demissões, só nesta semana.

“Dentro dessas 1.200 pessoas, eles demitiram quase 200 pessoas com doenças ocupacionais e quase 40 mulheres grávidas. Essa empresa está há mais de 20 anos aqui em Manaus e sobrevivendo com os incentivos fiscais da Zona Franca de Manaus, e no fim das contas é isso que faz com os trabalhadores”, afirmou Santana.

“Denunciamos ao Governo do Estado, ao Ministério Público, à Suframa, e até agora não houve audiência nenhuma com esses órgãos em relação com a Suframa”, complementa. As demissões de grávidas e pessoas com doenças ocupacionais não são homologadas pelo sindicato, pois são consideradas irregulares, explicou.

A Salcomp Industrial Eletrônica Da Amazônia Ltda também demitiu nesta semana quase 400 funcionários e a PP Vídeo dispensou a mesma quantidade. “Esse é o presente de papai Noel que esses caras, que ganham incentivos fiscais, fazem com os trabalhadores, não esperam nem as festas natalinas”, reclamou Santana.

Só nesta sexta-feira (11), cerca de 500 trabalhadores estiveram na sede do Sindmetal-AM, homologando demissões.

Queda na produção industrial

Em outubro, o ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPGO), Nelson Barbosa anunciou a revisão da política que concede redução zero nos benefícios fiscais dos produtos como smatphones, tablets, computadores e notebooks, que acumulam o terceiro maior faturamente (16,5%) do PIM.

De acordo com um levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgado nesta terça-feira (8), a produção industrial no Amazonas registrou em outubro o seu quinto mês consecutivo de queda.

Em relação a outubro de 2014, houve queda em 13 dos 15 locais, com destaque para Amazonas (-20,6%). No acumulado do ano, houve queda em 12 dos 15 locais, sendo a mais intensa observada também no estado (-15,1%).

Direitos pagos

Em nota, a Microsoft informou que o ajuste no quadro de funcionários faz parte da decisão de encerrar a sua fabricação em Manaus, conforme anunciado desde setembro. A companhia esclareceu ainda que pagou para todos os seus funcionários mais do que determina a lei, como ao menos um salário extra e plano de saúde por mais um mês. A empresa ressaltou ainda que apoiou todos os colaboradores durante essa transição e fez reuniões periódicas com funcionários e sindicato para esclarecer as etapas do processo.

FONTE: http://migre.me/sofez

 

Comentários

comentários

Loading...