Durante entrevista, o prefeito de Tefé Normando Bessa (PMN) se emociona ao contar sobre as dificuldades encontradas

3056

No √ļltimo dia 15 de junho (quinta-feira), a cidade de Tef√© (524 km de dist√Ęncia de Manaus em linha reta) comemorou seu 162¬ļ anivers√°rio. A comemora√ß√£o iniciou-se na v√©spera, no dia 14, com inaugura√ß√£o da nova sede administrativa da Prefeitura de Tef√©, al√©m da¬† inaugura√ß√£o do pr√©dio da Guarda Municipal que n√£o existia em Tef√©. Outro pr√©dio inaugurado nesse princ√≠pio de gest√£o foi o pr√©dio da¬† Assist√™ncia Social. O prefeito Normando garantiu ainda que em julho ser√° inaugurado uma Unidade B√°sica de Sa√ļde – UBS Jerusal√©m, al√©m de uma nova creche.

Em determinada parte da entrevista, o prefeito se emociona ao relembrar das dificuldades que est√° enfrentando e do compromisso que assumiu com o povo de Tef√© para que Tef√© seja refer√™ncia na √°rea da sa√ļde, educa√ß√£o, na √°rea da gest√£o p√ļblica com transpar√™ncia, honestidade e respeito ao dinheiro p√ļblico.

Confira a Entrevista:

Prefeito Normando Bessa se emociona durante a entrevista / Reprodução Youtube No Amazonas é Assim
Prefeito Normando Bessa se emociona durante a entrevista / Reprodução Youtube No Amazonas é Assim

Redação: Prefeito, como você se sente frente à administração executiva de Tefé em uma data tão importante para a cidade?

Normando Bessa : Eu como filho de Tef√©, sinto um orgulho imenso disso tudo. O sentimento √© o sentimento real de amor que eu tenho pela cidade. N√≥s viemos nesses 165 dias de governo, zelando, cuidando e mostrando para as pessoas que n√≥s n√£o viemos aqui fazer pol√≠tica partid√°ria, n√≥s viemos para fazer pol√≠ticas p√ļblicas.

Tefé precisava de um prefeito administrador que pudesse ser gentil e que enfrentasse essas dificuldades que nós temos, principalmente no atendimento das pessoas mais humildes, mais carentes. E o fruto, creio que as pessoas puderam ver hoje, o empenho de todas as escolas, de todas as secretarias, de todos os orgãos e de toda a população. A gente se sente muito emocionado, muito feliz e o resultado vai acontecendo naturalmente. As pessoas irão reconhecer naturalmente que nós queremos o bem de Tefé.

Redação: Normando, sentimos falta de responsáveis de primeiro escalão do Governo Estadual, tais como o próprio governador interino David Almeida (PSD), bem como algum deputado estadual ou federal para prestigiar o aniversário de Tefé, ao que você atribui esse descompromisso com as cidades do interior em uma data tão importante?

Normando Bessa : Nós fizemos o convite e eles não vieram. A festa é do povo de Tefé. A festa é pra quem vive aqui, quem mora aqui. Nós ganhamos a eleição com total independência. Nós ganhamos a eleição sem ter compromisso político amarrado com ninguém. Nosso compromisso é com a cidade. Então, se não vieram, devem ter eles alguma justificativa, eu não tenho. Eu fiz o meu papel como líder do executivo convidando-os. Infelizmente eles não vieram, mas quem eu gostaria MESMO que estivesse aqui veio, que é o povo de Tefé.

Redação: Como você autoavalia esses seus primeiros seis meses de mandato?

Normando Bessa : N√≥s estamos trabalhando duro nesses 165 dias de governo, por√©m, √© importante ressaltar que n√≥s assumimos Tef√© em uma situa√ß√£o delicada. N√≥s sempre informamos que Tef√© estava em um buraco e nossa primeira meta de governo era tapar esse buraco para ent√£o come√ßarmos a desenvolver as pol√≠ticas p√ļblicas. N√≥s j√° amenizamos esse buraco, ainda n√£o conseguimos tap√°-lo. Tef√© ainda n√£o est√° do jeito que eu quero, do jeito que eu governo. A Prefeitura est√°. N√≥s conseguimos transferir a sede da Prefeitura para um pr√©dio belo, restaurado que tem todas as caracter√≠sticas e o jeito do Normando, da coisa organizada, da coisa s√©ria.
(Neste momento, o prefeito se emocionou e embargou a voz)

Enfim, o que eu sempre gostei foi das coisas boas. Sempre! Coisas boas, mas sem luxo. Com humildade sempre. Que nós possamos compartilhar com a população sempre o melhor. Sempre fui assim como empresário e serei também como prefeito.

O Centro de Conviv√™ncia da Fam√≠lia, o CRAS, o CREAS, as Escolas, a Secretaria de Sa√ļde est√£o tudo funcionando, mas est√£o tudo funcionando no nosso limite. No nosso limite financeiro, no nosso limite de motiva√ß√£o, se pud√©ssemos fazer mais, se tiv√©ssemos mais dinheiro, a coisa com certeza fluiria mais.

√Č uma pena que o atual cen√°rio econ√īmico de crise afete tanto a popula√ß√£o e n√≥s n√£o consigamos executar com total maestria os servi√ßos p√ļblicos. Ontem (14) por exemplo, n√≥s inauguramos o pr√©dio da Guarda Municipal que n√£o tinhamos, inauguramos o pr√©dio da¬† Assist√™ncia Social e agora em julho inauguraremos a Unidade B√°sica de Sa√ļde Jerusal√©m, iremos inaugurar tamb√©m uma nova creche. Vamos inaugurar uma escola de verdade. Aqui em Tef√©, nas administra√ß√Ķes anteriores, foram alugadas casas e os quartos transformados em salas de aula. um total vergonha.

(Neste momento, o prefeito se emocionou e embargou a voz novamente e começou a lacrimejar)

E quem visita, se depara com uma situa√ß√£o ainda muito ruim. Eu levei o general Pinto Sampaio para conhecer, e ele me disse: “poxa, voc√™ me pegou em um momento que eu realmente precisava conhecer”. E isso √© um desafio nosso, tirar essas crian√ßas dos quartos e lev√°-las para uma sala de aula.

Tef√© n√£o tem espa√ßo. A Prefeitura de Tef√© n√£o tem terreno. Agora imagina, todo mundo tem terreno em Tef√©, menos a Prefeitura Municipal. √Č um desafio. S√£o muitos os problemas, mas n√≥s vamos vencer! Temos 4 anos para isso e eu n√£o tenho d√ļvida nenhuma que Tef√© ser√° aquilo que eu me comprometi. Uma cidade que ser√° refer√™ncia na sa√ļde, educa√ß√£o , na gest√£o p√ļblica com transpar√™ncia, honestidade, respeito ao dinheiro p√ļblico e talvez isso seja fundamental.

N√≥s vivemos um processo pol√≠tico muito intenso contra a corrup√ß√£o. J√° chega n√©? As pessoas pegam dinheiro p√ļblico¬† e s√≥ usufruem para a fam√≠lia e para seus grupos pol√≠ticos que n√≥s conhecemos e j√° sabemos que s√£o. Isso n√£o cabe mais no Brasil. Tef√© √© uma princesa que n√≥s iremos transform√°-la em uma rainha.

Coment√°rios