√Č “triste” o fato de Lula responsabilizar Marisa sobre tr√≠plex, diz procurador

121

Um dos principais nomes da for√ßa-tarefa da Opera√ß√£o Lava Jato, o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima criticou o ex-presidente Luiz In√°cio Lula da Silva por ter atribu√≠do √† sua esposa, Marisa Let√≠cia, falecida em fevereiro deste ano, a inten√ß√£o de adquirir, um apartamento tr√≠plex no Guaruj√° (SP). Para o procurador, a fala de Lula n√£o tem ‚Äúconsist√™ncia‚ÄĚ e, se tratando da ex-primeira-dama, ‚Äú√© um tanto triste de se ver‚ÄĚ.

‚ÄúNo geral, eu n√£o vi nenhuma consist√™ncia nas alega√ß√Ķes (de Lula). Infelizmente, as afirma√ß√Ķes em rela√ß√£o √† Dona Marisa, a responsabilizando por tudo, √© um tanto triste de se ver feitas nesse momento at√© porque, como o ex-presidente disse, ela n√£o est√° a√≠ para se defender‚ÄĚ, afirmou o procurador, que esteve presente ao depoimento do ex-presidente ao juiz Sergio Moro nesta quarta-feira, em Curitiba.

Para Carlos Fernando dos Santos Lima, versão apresentada pelo ex-presidente não tem 'consistência' e acusação dos advogados ao MP e Moro é 'inadmissível' - Imagem de divulgação
Para Carlos Fernando dos Santos Lima, vers√£o apresentada pelo ex-presidente n√£o tem ‘consist√™ncia’ e acusa√ß√£o dos advogados ao MP e Moro √© ‘inadmiss√≠vel’ – Imagem de divulga√ß√£o

Ele avaliou que interrogat√≥rio de Lula ‚Äútranscorreu como tinha que transcorrer‚ÄĚ e criticou os advogados do petista por terem acusado o Minist√©rio P√ļblico Federal (MPF) e Moro de fazer perguntas que n√£o tinham rela√ß√£o com o objeto da den√ļncia.

O procurador afirmou que, obrigatoriamente, o MPF vai pedir mais dilig√™ncias ‚Äď como inqu√©ritos ou mandados de busca e apreens√£o ‚Äď antes da abertura para as alega√ß√Ķes finais do processo. Santos Lima alegou que os procuradores ainda est√£o definindo, neste momento, quais pedidos ser√£o feitos √† Justi√ßa.

Ele tamb√©m comentou o embate travado entre Lula e Moro, quando o juiz questionou o r√©u sobre afirma√ß√Ķes feitas na semana passada, especialmente quando disse que mandaria prender quem hoje ‚Äúinventa medidas contra ele‚ÄĚ. Santos Lima minimizou os efeitos das declara√ß√Ķes. ‚ÄúPresidente n√£o manda prender. Ent√£o isso era uma coisa que s√≥ podia ser uma forma de se expressar um pouco mais eloquente‚ÄĚ, comentou.

Um apartamento tr√≠plex, no edif√≠cio Solaris, no litoral de S√£o Paulo, √© o principal objeto de uma das cinco a√ß√Ķes penais que o ex-presidente Lula responde na Justi√ßa. Segundo a acusa√ß√£o, o petista teria beneficiado a construtora OAS em tr√™s contratos com a Petrobras e, em troca, recebido 3,7 milh√Ķes de reais atrav√©s da reserva e reforma do im√≥vel. Outro benef√≠cio teria sido 1,3 milh√£o de reais para cobrir os custos do acervo presidencial.

No depoimento desta quarta-feira, o ex-presidente afirmou que chegou a visitar o imóvel, mas que nunca foi seu proprietário e que apenas Marisa Letícia visitou o apartamento em uma segunda oportunidade por ter interesse em adquiri-lo. Antes de falecer, a ex-primeira-dama também era ré na ação penal.

√Č "triste" o fato de Lula responsabilizar Marisa sobre tr√≠plex, diz procurador
√Č “triste” o fato de Lula responsabilizar Marisa sobre tr√≠plex, diz procurador

Coment√°rios

Receba nossas atualização no seu e-mail: