Home Notícias Eduardo Braga e Omar Aziz receberam propina de Andrade Gutierrez, segundo delação premiada

Eduardo Braga e Omar Aziz receberam propina de Andrade Gutierrez, segundo delação premiada

4 min - tempo de leitura
21

Os senadores Eduardo Braga (PMDB) e Omar Aziz (PSD) foram citados na delação premiada na Operação Lava Jato, pelos ex-executivos, Clóvis Peixoto Primo e Rogério Nora de Sá, que afirmaram ter pago propina aos atuais senadores do Amazonas.

Eduardo Braga e Omar Aziz receberam propina de Andrade Gutierrez
Eduardo Braga e Omar Aziz receberam propina de Andrade Gutierrez

De acordo com a delação, os ex-executivos disseram que, para vencer a concorrência da obra da Arena da Amazônia, a empresa teve informações privilegiadas do governo do Amazonas. Além disso, de acordo com os relatos, a construtora chegou a ajudar na elaboração do projeto e do edital. Andrade Gutierrez tinha preferência pela obra porque estava instalada há muitos anos no Estado.

Um acerto, que aconteceu por 8 anos, de pagamento de propina de 10% sobre o valor de cada obra da empreiteira, segundo o delator. Clóvis enfatizou que Eduardo Braga chegava a fazer ameaças, caso o pagamento da propina atrasasse. “Ele era jogo duro”, afirmou. O atual senador teria recebido entre R$ 20 e R$ 30 milhões, segundo estimativa do delator Rogério Nora.

O delator Clóvis Primo, disse ter se encontrado, em hotel em Brasília, com o senador Omar Aziz (PSD), e afirmou ter tentando negociar redução da propina, contou ainda que após fazer “um grande teatro” e ter ficado bem estressado, Aziz aceitou a redução para 5% do valor das obras.

Omar Aziz pediu propina de R$ 20 milhões à construtora, em outra reunião, em São Paulo, alegando que a empresa tinha grande volume de obras no estado e que a verba seria usada para pagar despesas de campanha.

Ainda de acordo com o delator, Omar Aziz também teria ameaçado, de modo agressivo, caso a propina não fosse paga, o governo estadual poderia “se vingar” da Andrade Gutierrez. Aziz teria sugerido que a construtora executasse algum serviço de medição de terraplanagem e embutisse o valor, segundo delação.

O total pago pela Andrade Gutierrez a Aziz somou cerca de R$ 18 milhões, segundo Sá, e teriam sido feitos pelo menos até setembro de 2011. Ainda não foi pedido abertura de inquérito para investigar os dois senadores, pela abertura Procuradoria-Geral da República.

Em nota, Eduardo Braga, ex ministro de Minas e Energia do governo Dilma Rousseff, afirmou que a denúncia é “absurda” e que está indignado e se sentindo ofendido com as acusações.

O senador Omar Aziz ainda não se pronunciou sobre o assunto.

A empresa Andrade Gutierrez afirmou que não comentará sobre as informações.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por No Amazonas é Assim
Carregar Mais Em Notícias

Deixe uma resposta

Leia Também

Dona Rosa, mãe de David Almeida, morre aos 84 anos

Na tarde deste sábado (28), faleceu dona Rosa Almeida, aos 84 anos, mãe do candidato a pre…