Ela pensava que eram pedras nos rins, mas na verdade era um bebê

497

Existem mulheres que realmente não sabem quando estão grávidas, embora para a maioria isso seja algo extremamente fácil de ser descoberto. Os primeiros sintomas são os enjoos, a sonolência e sem contar, claro, a falta da menstruação.

Outros sintomas que dão dicas de gravidez a frente são náusea, vômito, ganho de peso, dores de cabeça, fadiga, seios doloridos e a barriga que não para de crescer. Porém, algumas não percebem nada ou até percebem, mas acham que não é. Foi o caso da americana Ally Opfer, 23 anos.

Ela sempre teve menstruação irregular e, por isso, a falta dela não a preocupou. Quanto ao fato de estar ganhando peso, ela simplesmente creditou ao descontrole alimentar e a vida sedentária. Só que como tinha feito sexo, sem precaução, ficou desconfiada de que pudesse estar grávida. Fez o teste, ainda no comecinho, e o resultado deu negativo. Ou seja, estava certa que não era gravidez e seguiu a vida.

Mas, o fato é que ela começou a passar mal com muitas dores na barriga e correu para o hospital. “O médico de emergência originalmente pensou que eu tinha pedras nos rins. Mas quando fizeram um ultrassom não encontraram as pedras e, sim, um bebê a termo, prontinho para sair”, disse ao Reader’s Digest.

Ally disse ter ficado em trabalho de parto por 40 horas antes que alguém percebesse que ela estava grávida. Os médicos tiveram que agir rápido, porque não só o bebê estava em perigo, mas a pressão sanguínea de Ally estava alta, ou seja, ela tinha pré-eclâmpsia.

Os médicos tiveram que fazer uma cesariana de emergência e em 30 minutos ela já estava segurando seu filho recém-nascido no colo. Hoje, um ano depois, Ally e seu pequeno Oliver estão se adaptando a vida juntos!

Ela sempre teve menstruação irregular e, por isso, a falta dela não a preocupou- foto: reprodução/Facebook
Ela sempre teve menstruação irregular e, por isso, a falta dela não a preocupou- foto: reprodução/Facebook

Comentários