Inicial Notícias Política Em Manaus, Sérgio Moro confirma problemas de unidades prisionais apontadas por Alberto Neto

Em Manaus, Sérgio Moro confirma problemas de unidades prisionais apontadas por Alberto Neto

Devido a crise no Sistema Penitenciário do Amazonas, desencadeado por mais um massacre ocorrido este mês nos presídios do estado, o deputado federal Capitão Alberto Neto (PRB-AM) fez um relatório no qual relata os problemas que prejudicam a gestão das unidades. Em Manaus, o ministro da Justiça Sérgio Moro confirmou o que foi apontado pelo parlamentar.

Sérgio Moro disse em entrevista a um jornal local que a falta de agentes penitenciários é o maior gargalo a ser enfrentado para restabelecer o controle das unidades prisionais. “Uma das causas dessa relativa falta de controle no Sistema Prisional do Amazonas é o número pequeno de agentes penitenciários. Por isso, vamos contratar e qualificar mais agentes”, disse Moro.

A falta de profissionais capacitamos atuando dentro dos presídios foi o principal problema das unidades prisionais do Amazonas apontado no relatório feito após a visita da Comissão Externa composta por deputados federais e presidida por Alberto Neto. A visita nas cadeias ocorreu no dia 31 de maio.

Uma cópia do documento foi entregue ao ministro da Justiça Sérgio Moro no dia 6 de junho, em um encontro entre as duas autoridades em Brasília. As conclusões do relatório da visita da Comissão Externa e do ministro demonstram a sintonia dos poderes na busca por uma gestão eficiente do Sistema Prisional brasileiro.

“O Moro pode ver em Manaus o que nós parlamentares da Comissão Eterna da Câmara constatamos durante a visita que fizemos nas unidades. A falta de agentes penitenciários preparados dificulta a ação do Estado para controlar os presos e para gerir os presídios”, disse Alberto.

Além da falta de agentes penitenciários, Alberto Neto apontou a falta de estrutura nas unidades como um ponto importante a ser tratado entre o Governo Federal e o Estadual, que administra os presídios amazonenses.

“Os presídios do Amazonas, assim como o Sistema Penitenciário brasileiro, precisa com urgência da contratação de agentes penitenciários e de uma gestão eficaz no que diz respeito à disciplina dos presos e na ordem dentro das unidades. O Estado vai poder contar com meu apoio e o ministro Moro que tem se comprometido a ajudar também na melhoria da Segurança Pública no Amazonas”, concluiu Alberto Neto.

Em Manaus, Sérgio Moro confirma problemas de unidades prisionais apontadas por Alberto Neto

Comentários

Carregue Mais Notícias Relacionadas
Comentários estão fechados.