Inicial Notícias Manaus Equipe socioambiental do Prosamim realiza sensibilização no entorno da área da ETE no Educandos

Equipe socioambiental do Prosamim realiza sensibilização no entorno da área da ETE no Educandos

3 minuto de leitura
8

A Secretaria de Estado da Região Metropolitana de Manaus (SRMM) e Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), realizaram na manhã desta quinta-feira (17), no bairro do Educandos, zona Sul da capital, uma sensibilização para alertar os moradores sobre o início das obras da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). A ação foi conduzida pela equipe socioambiental do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim).

Moradores foram informados que serviço de desratização seria feito na tarde desta quinta (17). / Foto: Tiago Corrêa
Moradores foram informados que serviço de desratização seria feito na tarde desta quinta (17). / Foto: Tiago Corrêa

A sensibilização aconteceu nas ruas Manoel Urbano e Sá Peixoto, além do beco São Pedro. Um dos objetivos foi informar a população sobre a desratização realizada hoje à tarde na área da ETE, serviço que tem a intenção de impedir que roedores migrem para outros locais.

“Entendo perfeitamente que todo esse processo que é realizado antes do início da obra acaba afetando o nosso cotidiano, mas que fazem parte. Vou fechar bem a minha casa durante a desratização. Estou muito feliz com a implantação da ETE aqui no Educandos, há tempos eu sonhava com isso, sei que será bom para todos nós”, disse o morador Erasmo Amazonas.

Estação de Tratamento de Esgoto (ETE)
Atualmente, o Educandos conta com uma Estação de Pré-Condicionamento (EPC). O projeto de transformá-la em uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), que faz parte do Prosamim III, estava engavetado desde 2003, quando o programa foi criado. O investimento é de R$ 36.539.433,08. A ETE está localizada no Educandos, mas vai beneficiar ainda os bairros do São Raimundo, Presidente Vargas, Colônia Oliveira Machado, Bethânia, Cachoeirinha, Praça 14 e Centro.

O tratamento realizado pela EPC é preliminar e remove o material sólido e flutuante do esgoto antes da chegada aos rios, já a ETE vai fazer um tratamento mais eficaz através de processos físicos, químicos e biológicos removendo as cargas poluentes do esgoto.

A ação foi conduzida pela equipe socioambiental do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim). / Foto: Tiago Corrêa
A ação foi conduzida pela equipe socioambiental do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim). / Foto: Tiago Corrêa

“A ETE do Educandos é a etapa final do sistema de esgotamento sanitário da bacia do Igarapé do 40, onde grande parte da rede coletora foi construída pelo Prosamim e receberá todo o esgoto gerado pela população da área beneficiada para ser devidamente tratado, de modo a garantir qualidade de vida e saúde não só para a população do entorno, mas da cidade como um todo”, disse Carlos Henrique Lima, secretário da SRMM/ UGPE.

A ETE vai fazer o tratamento adequado do esgoto para evitar a poluição dos rios, uma vez que a água consumida pela população de Manaus é também captada por esse mesmo corpo hídrico, portanto, esse tratamento é baseado na legislação ambiental para minimizar os impactos ao Meio Ambiente.Os trabalhos da obra serão realizados em horário comercial e a previsão é que a Estação de Tratamento de Esgoto do Prosamim seja entregue em fevereiro de 2020. “Estamos alegres com o início da obra da ETE porque sabemos que ela trará benefícios pra toda população e principalmente para o nosso Meio Ambiente”, comentou o morador José Macedo de Figueiredo.

Fonte: Assessoria da Secretaria de Estado da Região Metropolitana de Manaus (SRMM)

Comentários

Carregue Mais Notícias Relacionadas
Comentários estão fechados.