Estrangeira que fazia canoagem no rio Solimões desaparece após emitir sinal de emergência

118

Na noite desta sexta-feira (15/9) a Marinha do Brasil informou, que equipes de militares que atuam nas buscas a uma britânica no Rio Solimões, no Amazonas, recolheram pertences pessoais supostamente da esportista, encontrados pela população, também avistaram o caiaque utilizado por ela. A britânica, de 43 anos, que estaria realizando canoagem, não faz contato desde o dia 13/9.

Estrangeira que fazia canoagem no rio Solimões desaparece após emitir sinal de emergência - Imagem: Marinha/Divulgação
Estrangeira que fazia canoagem no rio Solimões desaparece após emitir sinal de emergência – Imagem: Marinha/Divulgação

Na tarde desta sexta, a Marinha informou por meio de nota, que a aeronave do 3º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (EsqdHU-3), pousou em uma comunidade ribeirinha localizada entre os municípios de Coari e Codajás em busca de informações da estrangeira.

O material encontrado será entregue à Polícia Civil para abertura de inquérito policial.
A Marinha comunicou que uma empresa acionou o Comando do 9° Distrito Naval (Com9ºDN) informando que o localizador de emergência da britânica foi acionado. O comunicado foi feito no dia 13 de setembro, por volta das 22h. A identidade da mulher não ainda foi divulgada.

Confira a nota:

Ao amanhecer do dia seguinte, quinta-feira, 14 de setembro, poucas horas após a informação, o Com9ºDN enviou a aeronave (ANV) N-7086 do 3º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (EsqdHU-3) para realizar o reconhecimento da área compreendida entre os municípios de Codajás e Coari (AM) e o início das buscas

Ainda segundo a Marinha, na sexta-feira, foram reiniciadas as buscas, por outra aeronave, ANV N-7089 do EsqdHU-3. Uma lancha da Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental (CFAOC) e o Navio-Patrulha Fluvial (NPaFlu) Amapá foram empregados para o reforço das buscas.

O 9º Distrito Naval informou que está realizando monitoramento das embarcações da região em busca de mais informações sobre o ocorrido. Quem tiver informações sobre o paradeiro da britânica pode ligar para o telefone (92) 98802-3116.

Comentários

comentários

Loading...