Ex secret√°rio afirma Jos√© Melo pagou R$ 9 milh√Ķes em ponte de madeira.

14

O ex-secret√°rio Gilberto Alves de Deus que era titular do cargo da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), fez¬† uma s√©rie de acusa√ß√Ķes contra obras realizadas no governo Jos√© Melo.


Segundo ele, as irregularidades vão desde má execução até contratos milionários sem a execução dos trabalhos. O ex-secretário dedurou todo o esquema. Confira aqui .

Gilberto Alves afirma que, constatou uma série de irregularidades em obras do Estado no interior do Amazonas. Ele teria levado os problemas ao governador e sugeriu o cancelamento dos contratos, mas não foi atendido, e isso o fez deixar o cargo. E afirma ainda que no Governo do professor Melo não tem faltado dinheiro para construtoras, algumas delas que foram suas financiadoras de campanha.

Entre os problemas apontados est√£o pagamentos suspeitos da Ponte do Pera, em Coari. ‚ÄúInfelizmente Coari vai estar nas p√°ginas. A ponte do Pera que foi paga, num valor do contrato de R$ 11 milh√Ķes, j√° foi pago R$ 9 milh√Ķes, R$ 9 milh√Ķes j√° est√£o pagos e n√£o foi feito nem R$ 1,5 milh√£o‚ÄĚ, disse Gilberto Alves.

Diante do temporal de acusa√ß√Ķes o Governo do Estado rebateu a Gilberto Alves: ‚ÄúDurante os 27 dias que esteve no comando da Seinfra o sr. Gilberto de Deus n√£o notificou nenhuma empresa, n√£o instaurou nenhuma auditoria interna para fiscaliza√ß√£o das obras citadas e nem se reportou ao √≥rg√£o governamental de controle interno. Nas suas declara√ß√Ķes, o ex-secret√°rio n√£o apresentou nenhum documento, ou fato novo‚ÄĚ.

Imagem de Divulgação/ALE
Imagem de Divulgação/ALE

Coment√°rios