Ex secretário afirma José Melo pagou R$ 9 milhões em ponte de madeira.

9

O ex-secretário Gilberto Alves de Deus que era titular do cargo da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), fez  uma série de acusações contra obras realizadas no governo José Melo.


Segundo ele, as irregularidades vão desde má execução até contratos milionários sem a execução dos trabalhos. O ex-secretário dedurou todo o esquema. Confira aqui .

Gilberto Alves afirma que, constatou uma série de irregularidades em obras do Estado no interior do Amazonas. Ele teria levado os problemas ao governador e sugeriu o cancelamento dos contratos, mas não foi atendido, e isso o fez deixar o cargo. E afirma ainda que no Governo do professor Melo não tem faltado dinheiro para construtoras, algumas delas que foram suas financiadoras de campanha.

Entre os problemas apontados estão pagamentos suspeitos da Ponte do Pera, em Coari. “Infelizmente Coari vai estar nas páginas. A ponte do Pera que foi paga, num valor do contrato de R$ 11 milhões, já foi pago R$ 9 milhões, R$ 9 milhões já estão pagos e não foi feito nem R$ 1,5 milhão”, disse Gilberto Alves.

Diante do temporal de acusações o Governo do Estado rebateu a Gilberto Alves: “Durante os 27 dias que esteve no comando da Seinfra o sr. Gilberto de Deus não notificou nenhuma empresa, não instaurou nenhuma auditoria interna para fiscalização das obras citadas e nem se reportou ao órgão governamental de controle interno. Nas suas declarações, o ex-secretário não apresentou nenhum documento, ou fato novo”.

Imagem de Divulgação/ALE
Imagem de Divulgação/ALE

Comentários

comentários

Loading...