Home Notícias Brasil Exposição de protótipos e projetos acadêmicos terão destaque na Campus Party Transire Amazônia

Exposição de protótipos e projetos acadêmicos terão destaque na Campus Party Transire Amazônia

6 min - tempo de leitura
45

Estudantes universitários, alunos de cursos técnicos do ensino médio e recém-formados (até dois anos) de todo o país tem espaço garantido para mostrar seu talento e criatividade na 1ª edição da Campus Party Transire Amazônia. Entre os 20 projetos em exposição na área Campus Future estão iniciativas que transformam recursos naturais locais em matéria prima, incentivam o uso consciente da água e facilitam a mobilidade de deficientes visuais.

“A proposta da Campus Future é apresentar ao público ideias inovadoras que causam impactos positivos na sociedade e valorizam o crescimento da economia sustentável, incentivando o empreendedorismo local. Neste espaço, a nova geração tem a oportunidade de apresentar projetos com potencial de serem implementados e receberem investimentos”, explica Thallis Antunes, Gerente de Conteúdos da Campus Party.

Entre os destaques estão dois projetos que utilizam recursos naturais abundantes na região amazônica como instrumento de transformação social e econômico. O Fibra de Malva, por exemplo, foca na produção de sacolas biodegradáveis feitas de fibra de malva, impulsionando a economia local com uma solução sustentável. Já a utilização do resíduo da castanha do Brasil na produção de vasos, telhas e tijolos para a construção de casas ecológicas é o tema do projeto apresentado pelos alunos do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) de Beruri, localizado fica a 173 quilômetros de Manaus. A iniciativa foi à público durante o Festival de Invenção e Criatividade da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

O uso consciente da água também será incentivado nos projetos universitários como o aplicativo HidroScale, que monitora a entrada e saída de água nas residências, gerando economia e uso consciente dos recursos e o HIDRO, que utiliza conectividade wireless e a fundamentação de Internet das Coisas (IoT) para promover a reutilização da água das chuvas parada nos tetos e telhados em atividades domésticas.

Na área de mobilidade serão apresentados projetos voltados a deficientes visuais, como o Red Eyes, ferramenta que utiliza o conceito de TA (Tecnologia Assistiva) e sinais infravermelhos para auxiliar os usuários com informações sobre geolocalização e um protótipo de sinalizador audiovisual de transporte público que utiliza uma impressora 3D com teclado numérico em braile. Ao selecionar o número do ônibus que deseja obter informações, o usuário recebe via display e em fala, o tempo em que o ônibus demorará para chegar em sua parada.

A Campus Future também contará com a presença de três projetos que nasceram no desafio Chama na Solução, uma iniciativa Global da UNICEF, com o foco no desenvolvimento de soluções para a crise migratória venezuelana. São eles: Handsclean, voltado à saúde, Direito de Brincar, projeto de educação e ColetAtiva, voltado à separação e coleta de resíduos em abrigos de imigrantes.

Campus Party Transire Amazônia / Foto : Divulgação
Campus Party / Foto : Divulgação

Ingressos

Os ingressos para participar da #CPAmazônia estão à venda no site – https://brasil.campus-party.org/campus-party-amazonia-2020/ingressos/.

Os interessados poderão parcelar em 3 vezes o valor do ingresso individual (R$ 100), bem como o valor do ingresso com camping individual (R$ 190), duas entradas com camping duplo (R$ 300) e 4 entradas sem camping (R$ 280).

Credenciamento dos jornalistas

Os interessados em fazer a cobertura jornalística da #CPAmazônia devem se cadastrar até 28 de fevereiro no link – https://brasil.campus-party.org/campus-party-amazonia-2020/imprensa/#credenciamento. O credenciamento é individual e as respostas, tanto positivas quanto negativas, serão enviadas até 06 de março.

Serviço
Campus Party Transire Amazônia
Data: 18 a 22 de março de 2020
Local: Arena Amazônia, Manaus – AM

Sobre a Campus Party

A Campus Party é o maior festival de Cultura Digital do mundo. O evento conta hoje com mais de 550 mil campuseiros cadastrados ao redor do globo. Tendo produzido edições nos seguintes países: Espanha, Holanda, México, Alemanha, Reino Unido, Argentina, Panamá, El Salvador, Costa Rica, Colômbia, Equador, Itália e Singapura. O evento está presente no Brasil há doze anos.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Brasil

Deixe uma resposta

Leia Também

Aleam antecipa pauta da próxima semana com oito Projetos de Lei e cinco vetos do governo

  A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) vai colocar em votação, na próxima sem…