Faculdades privadas de Manaus superam universidade Federal e Estadual em índice divulgado pelo MEC

11936

No Brasil, seis em cada 10 universidades e faculdades brasileiras tem nota igual ou maior a tr√™s, m√©dia considerada satisfat√≥ria pelo Minist√©rio da Educa√ß√£o (MEC). No Amazonas, das 18 institui√ß√Ķes de Ensino Superior, 16 tiveram √≠ndice satisfat√≥rio, segundo dados do Instituto Nacional de Educa√ß√£o e Pesquisas Educacionais An√≠sio Teixeira (Inep), do Minist√©rio da Educa√ß√£o (MEC), divulgados na sexta-feira (18), em Bras√≠lia.

O c√°lculo foi feito para 2.042 institui√ß√Ķes, considerando as avalia√ß√Ķes dos cursos de gradua√ß√£o feitas no tri√™nio 2012-2013-2014 e as matr√≠culas (matriculados e concluintes) de acordo com os censos da educa√ß√£o superior do per√≠odo.

Nas dez primeiras posi√ß√Ķes est√£o sete institui√ß√Ķes privadas. A que figura em primeiro lugar entre as p√ļblicas √© a Universidade Federal do Amazonas (Ufam), ocupando a 5¬™ coloca√ß√£o. A Universidade Estadual do Amazonas ficou em 8¬ļ e, na sequ√™ncia,o Instituto Federal de Educa√ß√£o, Ci√™ncia e Tecnologia do Amazonas (IFAM).

Na primeira posi√ß√£o do ranking est√° a Faculdade Martha Falc√£o | Devry, seguida da Faculdade Metropolitana de Manaus (Fametro) e Instituto Superior Fucapi. O investimento no ensino de qualidade e estrutura f√≠sica vem se consolidando como pol√≠tica estrat√©gica das institui√ß√Ķes privadas.

Para a diretora geral da FMF | DeVry, Helena Rosa Vieira Lima, o resultado demonstra o compromisso da institui√ß√£o com a forma√ß√£o de qualidade, o que acaba por favorecer a faculdade na hora da escolha dos futuros universit√°rios. ‚ÄúUma das pol√≠ticas institucionais da DeVry Brasil √© estar entre as tr√™s melhores faculdades nos mercados em que atua e, no Amazonas, estamos conseguindo manter esse posicionamento como primeiro lugar, pelo segundo ano consecutivo‚ÄĚ, explicou.

As institui√ß√Ķes que recebem nota igual ou maior a tr√™s podem ter dispensa da visita em processos regulat√≥rios, maior prazo de recredenciamento institucional e acesso ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), Programa Universidade Para Todos (ProUni) e ao Programa Nacional de Acesso ao Ensino T√©cnico e Emprego (Pronatec).

J√° as institui√ß√Ķes com rendimento insatisfat√≥rio poder√£o ser impedidas de abrir novos cursos, ter limitada a quantidade de novos estudantes receber penalidades e instaura√ß√£o de processos administrativos para o descredenciamento institucional.

O¬†√ćndice Geral de Cursos (IGC) √© um instrumento de avalia√ß√£o constru√≠do com base numa m√©dia ponderada das notas dos cursos de gradua√ß√£o e p√≥s-gradua√ß√£o de cada institui√ß√£o, sintetizando num √ļnico indicador a qualidade de todos os cursos de gradua√ß√£o, mestrado e doutorado da mesma institui√ß√£o de ensino. O IGC √© divulgado anualmente pelo Inep/MEC, imediatamente ap√≥s a divulga√ß√£o dos resultados do Enade.

Na avalia√ß√£o do IGC, 83,9% das institui√ß√Ķes avaliadas no Brasil t√™m nota considerada satisfat√≥ria, enquanto em 2011 apenas 60% dos cursos avaliados tinham o mesmo indicativo.

Novo Enade

Durante o an√ļncio do resultado do IGC das institui√ß√Ķes de Ensino Superior do Pa√≠s, o ministro da Educa√ß√£o, Alo√≠zio Mercadante, comunicou ainda que o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) passar√° por mudan√ßas em 2016 para aprimorar a avalia√ß√£o das institui√ß√Ķes. Na proposta do Inep, o c√°lculo do conceito do exame passar√° a conferir, no lugar de uma nota, n√≠veis de profici√™ncia de estudantes por curso.

O Enade passaria a ser um dos crit√©rios para acesso √† p√≥s-gradua√ß√£o e entraria no hist√≥rico escolar do estudante. Outra iniciativa √© o Enade Digital, que tem como objetivo tornar o exame universal e anual para todos os concluintes. Todas as propostas ser√£o discutidas em audi√™ncias p√ļblicas.

O Enade √© uma avalia√ß√£o de rendimento dos alunos ao ingressarem e conclu√≠rem cursos de gradua√ß√£o. O exame, que compreende os conte√ļdos dos cursos em que est√£o matriculados, √© trienal para cada √°rea do conhecimento.

Segue tabela com dados:

 

Colocação

 

Nome da IES

 

IGC

contínuo

 

IGC

faixa

1 ¬ļ Faculdade Martha Falc√£o | DeVry (FMF |Devry) 2,884 3
2 ¬ļ Faculdade Metropolitana de Manaus (Fametro) 2,882 3
3 ¬ļ Instituto de Ensino Superior Fucapi 2,813 3
4 ¬ļ Centro Universit√°rio de Ensino Superiro do Amazonas (Ciesa) 2,810 3
5 ¬ļ Universidade Federal do Amazonas (Ufam) 2,787 3
6 ¬ļ Faculdade Boas Novas 2,731 3
7 ¬ļ Faculdade La Salle 2,693 3
8 ¬ļ Universidade do Estado do Amazonas (UEA) 2,529 3
9 ¬ļ Instituto Federal de Educa√ß√£o, Ci√™ncia e Tecnologia do AM (Ifam) 2,481 3
10 ¬ļ Escola Superior Batista do Amazonas 2,398 3
11 ¬ļ Centro Universit√°rio do Norte (Uninorte) 2,373 3
12 ¬ļ Universidade Nilton Lins (UniNiltonLins) 2,358 3
13 ¬ļ Faculdade Est√°cio do Amazonas ‚Äď Est√°cio Amazonas 2,256 3
14 ¬ļ Faculdade Tahirih 2,245 3
15 ¬ļ Centro Universit√°rio Luterano de Manaus 2,193 3
16 ¬ļ Faculdade do Amazonas 1,950 3
17 ¬ļ Faculdade Salesiana Dom Bosco 1,646 2
18 ¬ļ Faculdade de Odontologia de Manaus 1,310 2

 

Fonte: http://migre.me/svl8J

Coment√°rios