Home Notícias Manaus Falsos garis andam em Manaus fazendo pedidos à população, alerta Semulsp

Falsos garis andam em Manaus fazendo pedidos à população, alerta Semulsp

2 min - tempo de leitura
34

A Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp) alerta a população para a movimentação suspeita de pessoas se fazendo passar por garis, utilizando de fardamento falso, similar aos usados pelos trabalhadores da Prefeitura de Manaus.

Nesta terça-feira (8), três pessoas foram vistas agindo como pedintes ao longo da avenida Darcy Vargas, zona Centro-Sul, e um vídeo da ação circula nas redes sociais. Outros casos como esse já foram denunciados anteriormente, com esse tipo de abordagem, em bairros da cidade.

Pessoas se passam por garis, utilizando de fardamento falso, agindo como pedintes. / Foto: Divulgação
Pessoas se passam por garis, utilizando de fardamento falso, agindo como pedintes. / Foto: Divulgação

Em nota, a Prefeitura de Manaus esclarece que os funcionários ligados ao serviço público de limpeza possuem fardamentos marcados com o brasão do município e com a identidade visual das empresas terceirizadas: Mamute, Tumpex e Marquise, de fácil observação.

Os funcionários da Semulsp atuam, na maioria das vezes, em grupos de, pelo menos, 15 pessoas e estão sempre acompanhados de fiscais e encarregados, bem como caminhões, máquinas, equipamentos e veículos de apoio devidamente identificados.

A população deve desconfiar de pessoas que estejam pedindo com as falsas fardas de garis em ruas, praças, avenidas e bairros, pois pode ser uma ação criminosa. O procedimento correto é não atender e registrar um Boletim de Ocorrência (B.O.) em uma delegacia próxima.

Apenas os trabalhadores ligados à coleta seletiva e educação ambiental da Semulsp atuam diretamente de porta em porta nos bairros, orientando sobre as modalidades de limpeza e boas práticas de preservação.

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom)

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Nickson Maciel
Carregar Mais Em Manaus

Deixe uma resposta

Leia Também

Alunos nordestinos fazem saudação nazista em sala de aula e são suspensos pela direção

Um grupo de adolescentes de 17 anos  do Colégio Santa Maria, um dos mais tradicionais da r…