Fantasias sexuais: pode no primeiro encontro?

77

Sexóloga afirma que se o encontro é casual, a pessoa deve tomar a atitude para realizar o desejo e não esperar uma abertura do outro para isso.

Muitas pessoas, sejam homens ou mulheres, ficam na dúvida sobre abrir o jogo com o parceiro para revelar desejos sexuais na hora da transa, mesmo que seja um encontro casual, ou seja, só por uma noite. Mas o grande segredo, neste caso, é curtir o sexo e deixar a vergonha de lado, por mais que seja um primeiro encontro.

Para a sexóloga e consultora do site de sexo casual C-date (www.c-date.com.br), Carla Cecarello, se a intenção do encontro é realizar uma fantasia e sabe-se que não haverá uma segunda vez, ou que aquele encontro não tem intenção de se transformar num relacionamento duradouro, deve-se perder a vergonha. “Se a pessoa for contida ou tímida e não tiver atitude no encontro casual, não vai saber qual a resposta do parceiro”, afirma a especialista.

Carla explica ainda que o sexo casual, até por ser um relacionamento sem compromisso, permite que as pessoas aproveitem esse momento sem tabus na hora de realizar desejos e fantasias. A pessoa já deve ir para o encontro determinada, reforça a sexóloga, afinal, não haverá uma segunda vez. “Se for esperar para sair com a pessoa e aí, lá no encontro, ver se vai ter uma abertura para realizar essa fantasia… acredite, muito provavelmente não vai rolar”, diz Carla.

Sexo casual é ideal para tímidos realizarem fantasias

Quando há o desejo de realizar, a pessoa deve adotar algumas estratégias eficazes, como escolher a roupa adequada para a ocasião, saber como vai andar e se portar. São comportamentos e atitudes que contribuem para a realização da fantasia sexual na hora em que o encontro ocorre.

“Se já vai para a cama, tem de incorporar a fantasia, realizar e pronto. Observe durante o sexo como o parceiro vai interagir, mas essa atitude de realizar a fantasia precisa partir da própria pessoa”, reforça a sexóloga do C-date.

Como é um encontro causal, de acordo com Carla, não há nada com que se preocupar. “Ambos estarão dentro da mesma proposta: aproveitar o que tem hoje porque amanhã pode ser que a gente não se veja mais”.

No entanto, quando ocorre o inverso, ou seja, se o casal tem intenção de investir numa relação duradoura, o primeiro encontro é um momento para se conhecer. “Neste caso, partir para uma fantasia no primeiro dia pode incomodar a outra pessoa que ainda está chegando, já que a fantasia sexual é algo muito íntimo e pessoal. Pode dar a impressão de ser muito invasivo”, observa Carla.

Já no sexo casual, a realização de uma fantasia é vista de forma extremamente positiva. Quem propõe tal ato é encarada como uma pessoa autoconfiante e determinada a curtir aquele momento intensamente.

Dicas para realizar as fantasias sexuais no primeiro encontro

A seguir, a sexóloga do C-date (www.cdate.com.br) compartilha algumas dicas para realizar os desejos num primeiro encontro casual.

O primeiro passo é, dependendo da fantasia, já ir vestida, levar acessórios e apetrechos fundamentais para a fantasia. Segundo Carla, vale até mesmo ir sem a roupa íntima para um encontro casual. “Tem de ir fazendo um joguinho para sentir se a outra pessoa que está com você vai topar ou não. A entrega tem de ser plena, pois somente dessa maneira vai saber se a outra pessoa vai curtir com você aquela fantasia sexual. E aí, sim, será excitante para ambos”, complementa Carla.

De acordo com a especialista, muitas pessoas não têm fantasia ou, se tem, não têm coragem de expor. Pensam muito mais do que agem. Isso vai de encontro com a personalidade de cada um, das experiências que teve na vida, frustrações ou não. É preciso sempre tentar compreender o outro, que pode ter tido experiências limitadas e não saber expressar seus desejos sexuais ou que, pelo contrário, sexualmente não tem tabus.

Segundo Carla, há também pessoas que não conseguem expressar suas fantasias e ficam com elas apenas em pensamento durante o sexo para sentir prazer. Essas pessoas sentem-se satisfeitas sexualmente, instigadas e se excitam na hora H. Se o relacionamento é casual, a sexóloga diz que a pessoa tem de tentar colocar em prática.

Sobre o C-date (www.c-date.com.br)

Fundado em 2008, o C-date foi o primeiro site de encontros casuais da Europa. Atualmente está presente em 35 países e tem mais de 15 milhões de usuários. Todos os dias, mais de 20 mil novos membros – homens e mulheres – se inscrevem no site. O perfil dos usuários é composto por pessoas com idade entre 30 e 55 anos e que procuram viver aventuras sem compromisso, de forma elegante.

Fantasias sexuais: pode no primeiro encontro?
Site de sexo casual dá dicas para perder a timidez e realizar fantasias na hora da transa.
Foto: divulgação

Comentários