Festival de Parintins injetou mais de R$ 426 milh√Ķes na economia e atraiu quase 700 mil turistas, no per√≠odo de 2005 a 2018

105

O Festival Folcl√≥rico de Parintins injetou na economia parintinense aproximadamente R$ 426 milh√Ķes entre os anos de 2005 e 2018. Durante este per√≠odo, a festa popular promovida pelos bois Caprichoso e Garantido foi respons√°vel por atrair 691.918 turistas, pelas vias a√©reas e fluviais, √† Ilha Tupinambarana (a 369 quil√īmetros de Manaus), conforme levantamento do Departamento de Estat√≠stica da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur).

Festival de Parintins injetou mais de R$ 426 milh√Ķes – Imagem: Divulga√ß√£o

De acordo com os dados da Amazonastur, 2018 foi o ano em que Parintins recebeu o maior volume de turistas: 60 mil visitantes. J√° em 2016, com a alta recess√£o econ√īmica que afligiu o pa√≠s, foi contabilizada a maior queda em quantidade de turistas, quando cerca de 23,5 mil brincantes foram √† ilha.

No levantamento, tamb√©m foi detectado que o festival de 2012 foi respons√°vel por injetar na economia parintinense cerca de R$ 46,5 milh√Ķes, sendo o ano de maior rentabilidade entre o per√≠odo de 2005 e 2018. Assim como o de menor p√ļblico, o festival folcl√≥rico de 2016 tamb√©m registrou a menor movimenta√ß√£o financeira do per√≠odo, com aproximadamente R$ 19 milh√Ķes.

Para chegar a estes valores totais, o levantamento analisou os gastos médios por visitante durante o período de festa. Dentro desta perspectiva, foi possível observar que, no ano de 2015, o turista estava mais disposto efetuar compras, o que totalizou num gasto de R$ 184,68/dia. Já entre 2010 e 2018, o brincante gastou em torno de R$ 157,60. E, no ano passado, foi registrado um valor de R$ 130,75 de gasto médio.

Turistas

Conforme a Amazonastur, os amazonenses são os que mais prestigiam a festa popular parintinense, com a média de 63,14%, entre os anos de 2010 e 2018. O estado do Pará é o segundo colocado, com o percentual de 17,39%, e São Paulo o terceiro, com 4,19%. O Rio de Janeiro, estado das escolas de samba, vem em quarto lugar com a média de 2,89%.

Manaus é a cidade que mais emite turistas para Parintins, com média de 48,30% entre os anos de 2010 e 2018. A capital amazonense é seguida do município de Santarém (PA), que obteve a média de 6,16%. Em terceiro lugar, destaca-se a cidade de Itacoatiara, seguida do município de Oriximiná.

Perfil

A partir dos itens avaliados na pesquisa realizada pela Amazonastur, foi constado ainda que, no per√≠odo de 2010 a 2018, os homens foram os que mais desembarcaram em Parintins, com a marca de 53,58%. Os visitantes solteiros ficaram com o maior percentual alcan√ßado, de 54,80%; seguidos dos casados, com 36,42%; e divorciados/separados, no total de 6,89%. J√° os vi√ļvos tamb√©m aproveitam a festa dos bois sinalizando o p√ļblico de 1,89%.

Coment√°rios