Fila da morte: Pacientes Renais Crônicos fazem manifestação em frente à Sede do Governo

36

Na manhã desta segunda-feira (24/6), pacientes renais crônicos fizeram uma manifestação na frente da sede do Governo do Amazonas, localizado no bairro Compensa, zona oeste de Manaus. O trânsito era interrompido por alguns segundos e logo em seguida liberado. Motoristas e pedestres que passavam no local apoiavam o ato.

Os manifestantes reclamavam de:

  • Fechamento da hemodiálise para atendimento pelo SUS na Clinica Renal de Manaus;
  • Suspensão de transplantes renais desde 3 de março de 2016;
  • Redução de vagas nos hospitais;
  • Suspensão do tratamento peritoneal para pacientes do interior.

Loading...

“O caso dos pacientes renais crônicos já era crítico, mas a situação não para de se agravar. Não sabemos qual será o futuro das pessoas que precisam de consultas médicas, hemodiálise, ou que estão na fila do transplante”, afirmou um dos membros da ARCAM, Thiago Coelho.

Ainda segundo Thiago, paciente renal crônico conta com a sorte para ser atendido e, quando não ganha nessa “loteria da vida”, acaba morrendo. Os procedimentos de pré-transplantes renais, transplantes, pós-transplantes renais, acompanhamento ambulatorial e de intercorrências pós-transplantes realizados no Hospital Santa Júlia, foram suspensos devido a falta de pagamento do Governo do Amazonas, a divida com o Hospital chega a 15 milhões de reais. Manifestantes também cobram do governador José Melo verba federal destinada ao atendimento de pacientes renais.

De janeiro a abril deste ano 105 pacientes renais morreram na fila de atendimento do Hospital 28 de Agosto. O Ministerio Publico Federal (MPF) já acompanha o caso dessas mortes por meio de dois inquéritos civis.

Saiba mais

Alberto Folgosa Barroso, 52 anos, mesmo com dificuldades de locomoção esteve no local e expressou sua indignação contra a falta de assistência do governo do estado com a Saúde.

Rosival Gomes, 56 anos, presidente da Associação de Transplantados do Amazonas, declarou que a situação de pacientes renais é gravíssima, e que o Governador José Melo não havia se posicionado sobre as reivindicações do grupo.

Pacientes renais devem fazer 3 hemodiálises por semana, mas devido a crise no atendimento as sessões de hemodiálises estão sendo feitas a cada 15 dias, por falta de vaga nas unidades autorizadas pelo SUS.

Pacientes Renais Crônicos fazem manifestação na frente da Sede do Governo
Pacientes Renais Crônicos fazem manifestação na frente da Sede do Governo- Thiago Coelho, Alberto Barroso- Foto: No Amazonas é Assim
Pacientes Renais Crônicos fazem manifestação na frente da Sede do Governo
Pacientes Renais Crônicos fazem manifestação na frente da Sede do Governo – Rosival Gomes da Silva- Foto: No Amazonas é Assim
Pacientes Renais Crônicos fazem manifestação na frente da Sede do Governo
Pacientes Renais Crônicos fazem manifestação na frente da Sede do Governo-                               Foto: No Amazonas é Assim
Pacientes Renais Crônicos fazem manifestação na frente da Sede do Governo
Pacientes Renais Crônicos fazem manifestação na frente da Sede do Governo.                                Foto: No Amazonas é Assim

Comentários

comentários