“Foi sem querer”, disse suspeito de matar jovem em Lan House

32

Albert Duarte Ferreira, de 20 anos, suspeito de matar o universitário Lucas de Souza Magalhães, 21 anos, no dia 30/12  dentro de uma lan house no bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus, declarou que não tinha intenção de matar  Lucas, ainda explicou que tinha interesse apenas em roubar o estabelecimento.
‚ÄúDisparei sem querer. Pe√ßo desculpa a fam√≠lia e foi um pequeno acidente‚ÄĚ, disse Albert (conhecido como Josiel).

Imagem de divulgação
Imagem de divulgação

Albert foi preso por policiais militares da Ronda Ostensiva C√Ęndido Mariano (ROCAM), na segunda-feira (4/01), na Rua Jeric√≥, no bairro Novo Israel, zona norte, ap√≥s a tia dele, que n√£o teve o nome revelado, fazer uma den√ļncia √† pol√≠cia. Logo ap√≥s ser preso, Albert prestou depoimento na delegacia e apontou o local onde estavam os comparsas que participaram do latroc√≠nio.

De acordo o delegado Ivo Martins, da Delegacia Especializada em Homic√≠dios e Sequestros (DEHS), a equipe de investiga√ß√£o realizou dilig√™ncias, e no dia (5/01) prendeu Joab da Silva Alencar, 20, (o’Sarna’), na mesma rua que Albert foi capturado. Ele teria fornecido um rev√≥lver de calibre 22 usado no crime.

Imagem de divulgação
Imagem de divulgação

O motoqueiro Wuanderson Carlos Braga de Freitas, ainda está foragido, ele é suspeito de ter auxiliado na fuga de Albert Duarte.

Como aconteceu o crime

Albert chegou na lan house, conversou rapidamente com a vítima, sacou o revólver e atirou contra Lucas de Souza Magalhães, de 21. A vítima foi socorrida para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Galiléia, mas não resistiu e faleceu. Após atingir o jovem, Albert roubou o celular de um cliente e fugiu com Wuanderson, que aguardava em uma moto do lado de fora do estabelecimento.

Conforme o delegado Ivo Martins, os tr√™s envolvidos ser√£o indiciados por latroc√≠nio. Albert e Joab ser√£o encaminhados √† Cadeia P√ļblica Raimundo Vidal Pessoa, no Centro, em Manaus.

Coment√°rios