Foto de astrounauta mostra o olho do furacão José. O fenômeno mantém dimensões impressionantes

192

O furacão José, atualmente de categoria 2, se debilita em águas abertas do Atlântico, pode se transformar em ciclone nas próximas 48 horas, mesmo assim o fenômeno mantém dimensões impressionantes. Uma imagem feita da Estação Espacial Internacional pelo astronauta italiano Paolo Nespoli mostra o olho do furacão visto do espaço.

Olho do Furacao José / Paolo Nespoli/NASA/Reprodução
Olho do Furacao José / Paolo Nespoli/NASA/Reprodução

A foto foi publicada no perfil do astronauta no Twitter e repercutiu entre os internautas. “Admirado com o poder da natureza. Fiquem seguros”, escreveu Nespoli.

José está localizado a 410 quilômetros ao nordeste da ilha caribenha Grande Turk e apresenta ventos máximos de 165 km/h. Segundo o centro Nacional de Furacões, o furacão se desloca a 17 quilômetros por hora e está previsto um giro para o nordeste nesta noite, o que ocasionará uma queda na velocidade. Os ventos do José podem ser sentidos a uma distância de até 35 quilômetros do seu centro.

Loading...

Abaixo, algumas fotos da destruição causada pelo furacão Irma no Caribe 

Destruição causada pelo furacão Irma no Caribe / DIvulgação
Destruição causada pelo furacão Irma no Caribe / Divulgação
Destruição causada pelo furacão Irma no Caribe / DIvulgação
Destruição causada pelo furacão Irma no Caribe , ondas invadiram casas / Divulgação
Destruição causada pelo furacão Irma no Caribe / DIvulgação
Destruição causada pelo furacão Irma no Caribe causou / Divulgação
Destruição causada pelo furacão Irma no Caribe / DIvulgação
Destruição causada pelo furacão Irma no Caribe / Divulgação
Destruição causada pelo furacão Irma no Caribe / DIvulgação
Destruição causada pelo furacão Irma no Caribe / Divulgação
Destruição causada pelo furacão Irma no Caribe / DIvulgação
Destruição causada pelo furacão Irma no Caribe / Divulgação

Comentários

comentários