Fotógrafo de portal local é espancado e tem seus equipamentos roubados durante cobertura jornalística

286

Que absurdo! O fotógrafo Jander Robson, que presta serviços para a Rede Calderaro de Comunicação, foi espancado por pelo menos cinco pessoas quando chegava à Avenida das Flores para o registro jornalístico de um acidente de trânsito, que deixou pelo menos uma pessoa morta.

O acidente ocorreu por volta das 11h30 desta segunda-feira.

Fotógrafo de A CRÍTICA é espancado e roubado durante cobertura jornalística / Reprodução Youtube
Fotógrafo de A CRÍTICA é espancado e roubado durante cobertura jornalística / Reprodução Youtube

No momento do ocorrido, Jander acompanhava a repórter Joana Queiroz. De acordo com ela, o fotógrafo sequer chegou a fazer fotos. Ele estava atravessando para chegar ao local do ocorrido quando foi espancado por um grupo de homens, parentes da vítima fatal do acidente. “Não dá nem para contar quantos foram. Eram uns cinco, seis, que bateram muito forte nele”, relatou Joana Queiroz, ainda nervosa diante do ocorrido.

A máquina fotográfica do profissional foi roubada pelos agressores, mas posteriormente recuperada por policiais militares que estavam no local e testemunharam o crime cometido.

Apesar da agressão e do roubo da câmera de Jander, os policiais não prenderam os agressores.

Jander precisou ser socorrido por uma viatura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado para um hospital, ainda bastante machucado. De acordo com Joana Queiroz, outros profissionais da imprensa, de outras empresa, também foram hostilizados pelos agressores.

O Grupo A CRÍTICA repudia, de maneira veemente, a agressão praticada contra um de seus profissionais e tomará todas as medidas legais cabíveis para que a justiça seja estabelecida. Além disso, espera que as autoridades policiais tomem as providências necessárias contra os agressores de Jander Robson.

 

Fonte : ACrítica

Comentários

Receba nossas atualizações em seu e-mail: