Frente Parlamentar em Defesa da BR-319 será presidida pelo deputado Roberto Cidade após discurso de associação

47

Durante a sessão plenária desta quarta-feira, 27, o deputado estadual Roberto Cidade (PV) aceitou o desafio de presidir a Frente Parlamentar em Defesa da BR-319, rodovia federal que liga o Amazonas ao restante do país. A sugestão foi feita após discurso de André Marcílio, presidente da Associação Amigos da BR-319, pelos 43 anos da estrada, inaugurada em 27 de março de 1976.

Foto: Evandro Seixas
Foto: Evandro Seixas

Apesar da import√Ęncia para o desenvolvimento econ√īmico e social do Amazonas e de outros estados da regi√£o como Rond√īnia, Acre e Roraima, a popula√ß√£o ainda aguarda a repavimenta√ß√£o da rodovia, hoje em situa√ß√£o de extrema precariedade.

‚ÄúApesar de ser uma data festiva, n√£o temos nada pra comemorar. S√£o anos e mais anos em uma discuss√£o que se arrasta e nada √© feito. Est√° na hora de entrarmos com a√ß√Ķes mais efetivas e a cria√ß√£o dessa Frente Parlamentar tem essa finalidade. A quest√£o ambiental √© fundamental, mas temos que destacar que essa estrada j√° est√° l√°, j√° foi criada‚ÄĚ, afirmou Roberto Cidade.

Os deputados Josu√© Neto (PSD), presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazoans, Adjuto Afonso (PDT) e Wilker Barreto (PHS) se manifestaram favor√°veis √† cria√ß√£o da Frente Parlamentar e se colocaram √† disposi√ß√£o para participarem como membros. A deputada Joana Darc (PR) sugeriu que fosse refeita, pelos deputados, a viagem que percorreu os 870 quil√īmetros da rodovia, de Manaus a Porto Velho.

Roberto Cidade destacou ainda a frustração com a exclusão da BR 319 da série de investimentos que serão feitos pelo Governo Federal em rodovias federais de todo o país.

‚ÄúCome√ßamos o novo governo do presidente Bolsonaro com grandes expectativas, que infelizmente foram frustradas quando a BR 319 saiu do pacot√£o de obras para a Amaz√īnia. Continuaremos trazendo esse assunto para a tribuna at√© que realmente tenhamos uma aten√ß√£o diferenciada e solu√ß√Ķes para a BR‚ÄĚ, concluiu o deputado.

Coment√°rios