Home Notícias Brasil Funcionário é morto a tiros após cortar a luz de fazendeiro inadimplente

Funcionário é morto a tiros após cortar a luz de fazendeiro inadimplente

2 min - tempo de leitura
189

Um fazendeiro matou a tiros o eletricista José Reginaldo de Santana Júnior, de 31 anos, na tarde da última terça-feira (29), em Limoeiro (PE). O funcionário da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) estava com um colega realizando um corte legal de energia na Fazenda Haras Vovó Zito, por causa da falta de pagamento.

De acordo com a PM, após o corte de energia, o proprietário da fazenda “demonstrou grande insatisfação e efetuou um disparo de arma de fogo contra um dos funcionários”, que morreu no local.

Ainda conforme a PM, o segundo funcionário, de 39 anos, foi obrigado a religar a energia. Segundo a Polícia Civil, o caso foi registrado na Delegacia de Homicídios de Limoeiro e está sendo investigado pelo delegado Fabrício Pimentel. Até o momento, ninguém foi preso.

A Celpe informou que “recebeu com consternação a notícia do assassinato do colaborador”. A companhia informou ainda que “lamenta o ato brutal praticado contra o eletricista e informa que está prestando o apoio necessário à família da vítima”.

Conforme a Celpe, o departamento jurídico da companhia está acompanhando a instauração do procedimento investigativo “e demanda das autoridades públicas o pleno cumprimento da lei”.

 

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por No Amazonas é Assim
Carregar Mais Em Brasil

Deixe uma resposta

Leia Também

Lucro de motoristas de App pode aumentar em R$ 1.400 com Gás Natural, diz Josué

Nesta terça-feira ( 27/10), o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), de…