Home Notícias Polícia Gerente não reage a assalto e ainda assim é morto com tiros no rosto em Manaus

Gerente não reage a assalto e ainda assim é morto com tiros no rosto em Manaus

1 min - tempo de leitura
133

Na manhã desta segunda-feira (02), o proprietário/gerente do ‘Forro do Chefe’, identificado como Diego Maurício Soares, de 28 anos, conhecido como ‘Batata’ foi morto a tiros em frente da casa onde morava na rua 7, bairro Alvorada II, Zona Centro-Oeste de Manaus.

De acordo com informações dos policiais da 10ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), Diego estava saindo de casa quando foi abordado por dois homens em uma moto que logo anunciaram o assalto e pediram o celular da vítima.

A vítima não reagiu ao assalto, e logo que estendeu a mão para entregar o celular foi baleado duas vezes no rosto. Uma das balas atravessou a cabeça de Diego.

Os homens tomaram rumo ignorado usando a motocicleta, mas imagens de câmeras de estabelecimentos próximos devem ajudar na identificação dos autores. Nada foi roubado de Diego.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), e aos investigações serão feitas pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Empresário proprietário do "Forró do chefe" foi executado com tiros no rosto em Manaus
Empresário proprietário do “Forró do chefe” foi executado com tiros no rosto em Manaus

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Polícia

Deixe uma resposta

Leia Também

Lembra da área degradada e de risco de desabamento no Hileia 2? Prefeitura requalificou o local!

O esforço da Prefeitura de Manaus aliado à consciência ambiental e à luta da comunidade fo…