Inicial Notícias Política Gleisi Hoffmann tenta pegar Moro, mas ela que acaba sendo pega na volta do anzol

Gleisi Hoffmann tenta pegar Moro, mas ela que acaba sendo pega na volta do anzol

1 minuto de leitura
0
2

Na tarde da terça-feira (2), durante sabatina dos deputados federais ao ministro Sérgio Moro, na Câmara Federal, a deputada federal Gleisi Hoffmann (PT/PR), presidente nacional do seu partido, questionou o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, sobre suas relações com o advogado trabalhista Carlos Zucolotto, a quem o doleiro Tacla Duran, denunciado na Lava Jato, atribui supostos diálogos para intermediar sua delação.

Gleisi usa caso Queiroz para atacar Sergio Moro e a Lava Jato
Gleisi usa caso Queiroz para atacar Sergio Moro e a Lava Jato

“Sua esposa teve escritório com Carlos Zucolotto? Sim ou não? O senhor ou a esposa tiveram ou têm conta no exterior? O senhor já fez viagem ao exterior acompanhado do advogado Zucolotto? Ele já fez pagamentos em favor do senhor nessas viagens?”, indagou a petista, na audiência da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara em que o ministro é ouvido sobre diálogos a ele atribuídos com procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato e divulgados pelo site The Intercept.

Ela foi incisiva. “Não é verdade que o senhor sempre age corretamente. Temos algumas ações judiciais que já caçaram ações suas.”

“Em relação às contas no exterior, isso é maluquice”, afirmou Moro, que disse ‘repudiar’ a pergunta sobre Zucolotto. “Não sou eu que sou investigado por corrupção”.

Ministro Sergio Moro durante depoimento à CCJ da Câmara dos Deputados / Foto : Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil – 2.7.19

Gleisi é um dos parlamentares alvo da Lava Jato que compareceram à Comissão de Constituição e Justiça para questionar o ex-juiz da maior operação já deflagrada no país contra a corrupção.

Comentários

Carregue Mais Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta