Goleiro Bruno pode ter direito à regressão de pena

19

Um recurso da promotoria de Minas Gerais pode atrasar o direito que o goleiro Bruno tem à progressão de sua pena de 17 anos e seis meses, por homicídio triplamente qualificado de Eliza Samudio, sua ex-companheira, e seis meses e 15 dias por sequestro e cárcere privado de seu filho.

Goleiro Bruno pode ter direito à regressão de pena - Imagem: Divulgação
Goleiro Bruno pode ter direito à regressão de pena РImagem: Divulgação

Os promotores contestam atestados da Associa√ß√£o de Prote√ß√£o e Assist√™ncia ao Condenado (Apac) de Santa Luzia, sobre o o tempo de trabalho do goleiro.No recurso, 40 dias s√£o postos em d√ļvida pelo Minist√©rio P√ļblico.

Bruno está preso há sete anos, quatro meses e 12 dias, e precisa cumprir pelo menos sete anos, seis meses e 15 dias para ter direito ao benefício. Com os 600 dias de trabalho, ele já teria esse direito, informou sua defesa ao site:

Acontece que no dia 2 de abril de 2013, Bruno recebeu uma falta grave, o que pode travar o benefício, já que o problema pode anular os dias trabalhados dali para trás:

“Essa falta grave √© que est√° impedindo ele de ter esse direito concedido, porque com a falta grave ele perdeu dois anos e meio de pena j√° cumprida at√© ali. E tamb√©m as remiss√Ķes para tr√°s. Isso afetou sobremaneira o est√°gio da progress√£o dele”, explica o advogado. “Mesmo em se tratando de preso provis√≥rio, ele n√£o tinha sido julgado. Eles aplicaram essa falta grave, impedindo a ele de ter futuros benef√≠cios. E ele nem tinha sido condenado, ele estava pagando por uma coisa a qual ele ainda n√£o tinha tido condena√ß√£o”, contesta.

A audiência está agendada para esta quarta-feira (24) no Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), na capital Belo Horizonte (MG).

Coment√°rios