Home Notícias Política Governador Amazonino garante que abono do Fundeb em período eleitoral foi apenas coincidência

Governador Amazonino garante que abono do Fundeb em período eleitoral foi apenas coincidência

2 min - tempo de leitura
18

MANAUS – O governador Amazonino Mendes (PDT), candidato à reeleição, disse em entrevista ao ATUAL que não decidiu pagar o abono do Fundeb (Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica) aos professores do Estado em período eleitoral, agora em setembro. Conforme o governador, o dinheiro está disponível, mas em menor valor que o do ano passado, quando o governo federal repassou recurso extra. Amazonino classificou de ‘fundebinho’ os R$ 300 milhões recebidos em agosto. Em 2017, no mesmo período, foram mais de R$ 300 milhões. Segundo Amazonino, foi coincidência o período do repasse.

Debates insossos

O governador disse que não tem evitado debates na TV. Amazonino afirmou que não compareceu a alguns debates por compromissos já agendados que coincidiram com a data e horário e porque “ninguém assiste”. “Não me furto de ir, embora entendo que o debate não traz benefícios ao eleitor porque não há tempo para apresentar propostas. Você fica sujeito à má educação de um ou de outro ou de uma maldade, ou um escorregão, um desses falsetes que pode confundir o eleitor e mais nada. Mesmo os debates nacionais estão sendo insossos”, classificou.

Governador Amazonino Mendes negou usar período eleitoral para pagar abono a professores com dinheiro do Fundeb (Foto: ATUAL)
Governador Amazonino Mendes negou usar período eleitoral para pagar abono a professores com dinheiro do Fundeb (Foto: ATUAL)

Com informações do Amazonas Atual

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Política

Deixe uma resposta

Leia Também

De onde surgem os grafismos indígenas?

Sobre grafismo indígena* Além de cada etnia ter sua relação única com a pintura corporal, …