Governo amplia leitos e Hospital Francisca Mendes deverá realizar 400 cirurgias cardíacas até o final do ano

95

Na manh√£ do feriado do dia do trabalhador, quarta-feira (1/5), o governador do Amazonas, Wilson Lima, visitou o Hospital Universit√°rio Francisca Mendes (HUFM), no bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus, refer√™ncia em cardiologia no estado e na regi√£o Norte, recebeu a implanta√ß√£o de uma nova sala cir√ļrgica e oito leitos de UTI p√≥s-cir√ļrgicos, aumentando de 28 para 56 a capacidade de realiza√ß√£o de cirurgias semanais, sendo 40 em adultos e 16 em crian√ßas.

Governo do Estado dobrou oferta de cirurgias na unidade РImagem: Divulgação

A nova estrutura montada no HUFM vai permitir a redução do tempo de espera de quem está aguardando pelo procedimento.

‚ÄúNosso objetivo √© fazer com que haja um controle da fila de espera por cirurgias card√≠acas. A meta √©, at√© o final desse ano, fazer 400 cirurgias. Levando em considera√ß√£o que n√≥s fazemos procedimentos n√£o s√≥ dos pacientes que moram aqui no estado do Amazonas, mas tamb√©m de estados vizinhos que acabam vindo para c√°, como Acre, Rond√īnia, Roraima, Par√°, al√©m de imigrantes venezuelanos, peruanos. N√≥s somos muito demandados‚ÄĚ, disse Wilson.

De acordo com o titular da Secretaria de Estado da Sa√ļde (Susam), Rodrigo Tobias, a fila de espera por cirurgias card√≠acas cresceu, nos √ļltimos anos, porque o HUFM perdeu leitos de UTI e teve uma das quatro salas cir√ļrgicas desativadas por falta de equipamentos.

‚ÄúO hospital Francisca Mendes foi a primeira unidade que eu visitei e estou retornando aqui para entregar esses resultados. N√≥s t√≠nhamos um passivo desde 2017 de crian√ßas e adultos que estavam na fila, √† espera de um procedimento cir√ļrgico. Esse espa√ßo estava sendo subutilizado. Fizemos a aquisi√ß√£o de alguns equipamentos, a requalifica√ß√£o de algumas salas e o remanejamento de pessoal‚ÄĚ, pontuou Wilson Lima.

Novos equipamentos, de acordo com o secret√°rio de sa√ļde, Rodrigo Tobias, a nova gest√£o fez a aquisi√ß√£o de equipamentos ‚Äď 12 monitores, tr√™s carrinhos de anestesia, quatro ventiladores e cinco cardioversores – para montar os leitos de UTI e a sala cir√ļrgica. As tr√™s primeiras cirurgias realizadas utilizando a nova estrutura ser√£o realizadas nesta quinta-feira (02/05).

Em janeiro desse ano, 1.931 pessoas aguardavam na fila do Sistema de Regulação (Sisreg) pra fazer cateterismo cardíaco e outros procedimentos como angioplastia, arteriografia de membro, embolização e angiografia cerebral. Em abril, caiu para 684 pessoas. Já entre os pacientes internados na unidade e transferidos dos prontos-socorros, a redução foi de 250, em janeiro, para 36 (dado de segunda-feira (30/04). Os cateterismos infantis, que não estavam sendo realizados desde 2014, voltaram a ser feitos no HUFM.

Segundo a diretora do Francisca Mendes, Juliana Dias, o aumento na oferta de procedimentos se deu porque o Governo do Amazonas contratou mais profissionais para atender, al√©m de adquirir materiais como OPMEs (√ďrtese, Pr√≥teses e Materiais Especiais).¬† Os procedimentos endovasculares (angiografia cerebral e emboliza√ß√£o de aneurisma) tamb√©m tiveram um aumento significativo este ano.

Governo do Estado dobrou oferta de cirurgias na unidade РImagem: Divulgação

Coment√°rios

Receba nossas atualizações no seu e-mail: