Home Notícias Amazonas Governo do Amazonas adota aplicativo para monitoramento de pacientes com Covid-19 em isolamento domiciliar

Governo do Amazonas adota aplicativo para monitoramento de pacientes com Covid-19 em isolamento domiciliar

7 min - tempo de leitura
73

A partir desta segunda-feira (06/04), pacientes do Amazonas com diagnóstico positivo para o novo Coronavírus (Covid-19) e que estão em isolamento domiciliar, passam a ser monitorados por meio de aplicativo para telefone celular. A finalidade é intensificar o acompanhamento do quadro evolutivo desses pacientes por parte das autoridades em saúde até a plena recuperação. Batizado de “Juntos no combate ao Covid-19”, o APP se destaca por reunir, num único canal, um conjunto de serviços essenciais aos cidadãos visando combater a disseminação da doença.

Foto: Divulgação/Secom

O aplicativo foi apresentado hoje durante live sobre dados do novo Coronavírus no Amazonas, transmitida nas redes sociais do Governo do Estado, com a participação do secretário estadual de Saúde, Rodrigo Tobias, da diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), Rosemary da Costa Pinto, e de Toshizo Borborema Nakajima, gerente de Relações Institucionais da SASI elecomunicação Ágil Ltda, parceira no desenvolvimento do APP.

Além de informações gerais de prevenção e formas de contágio sobre o Covid-19, tendo como fonte principal o site oficial do Governo do Amazonas, o aplicativo dispõe de uma série de funcionalidades. Uma das mais relevantes é permitir que pacientes com testagem positiva para o Covid-19 mantenham contato com profissionais de saúde a fim de que possam relatar sobre a sua condição.

Foto: Divulgação/Secom

O acompanhamento ocorrerá por meio de um canal de telemedicina, em que médicos das redes pública e privada farão atendimento virtual. Em caso de algum agravamento do quadro, o paciente poderá acionar um botão de alerta na própria plataforma. Este serviço também estará disponível para o restante da população. Com isso, espera-se evitar a sobrecarga de demanda em unidades de saúde e ainda, possibilitar o atendimento especializado, principalmente, no caso de moradores de municípios distantes da capital.

Canal de atendimento online – A plataforma também conta com um chat de atendimento, no qual pessoas que tenham sintomas da doença podem interagir com estudantes de Medicina da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) para tirar dúvidas e receber informações. Os estudantes que participam do projeto são orientados por professores do quadro docente da unidade de ensino superior.

O aplicativo possui um serviço de aviso de isolamento domiciliar por meio do qual são enviadas orientações, que pode ser usado por pessoas com testagem positiva do coronavírus e por recém-chegados à capital amazonense, que necessitam entrar em quarentena.

Adicionalmente, a plataforma dispõe de um serviço abrangente de cadastro tanto para os segmentos já atendidos e monitorados pelo sistema de saúde quanto para a população em geral. Há, ainda, um canal de notícias oficiais dos órgãos do Governo do Estado para divulgação de informações à população e combate a fake news. O “Juntos no combate ao Covid-19” está disponível para smartphones com sistemas operacionais Android e iOS.

Segundo a diretora-presidente da FVS-AM, Rosemary Pinto, a adoção do aplicativo também será importante no sentido de resguardar os profissionais da área. Atualmente, este acompanhamento é feito por técnicos da Vigilância Epidemiológica da FVS e da Secretaria Municipal de Saúde de Manaus (Semsa-Manaus). “Havendo sinal de gravidade, esses pacientes serão encaminhados para a rede (de Saúde)”, frisa a diretora-presidente.

O diretor-geral da SASI Telecomunicação Ágil Ltda, Yoram Yaeli, ressalta a importância do uso efetivo deste aplicativo, uma vez que possui como diferencial justamente o fato de ser um aplicativo popular, com a característica da centralização de serviços e informações que atendam a necessidade da população neste momento. Segundo ele, até então, tem conhecimento de plataforma semelhante em uso apenas na China.

O secretário estadual de Saúde, Rodrigo Tobias, agradeceu todos os envolvidos no desenvolvimento e na operação do aplicativo, incluindo a SASI, o Instituto Transire, a Samel, a Universidade do Estado do Amazonas e aos profissionais da rede estadual de saúde.

“Quero agradecer médicos, enfermeiros e psicólogos, que vão fazer parte desse aplicativo para fazer a telemedicina, porque esse é um recurso que nesse aplicativo o cidadão vai ter condição de falar com o médico em tempo real e também com as equipes de tecnologia da informação, tanto da área da saúde quanto da Fundação de Vigilância em Saúde. Esses são os grupos de pessoas e instituições que fizeram com que esse recurso tecnológico pudesse aproximar as ações do Governo do Estado dos cidadãos amazonenses que precisam desse atendimento”, destacou Rodrigo Tobias.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Emerson Tahan
Carregar Mais Em Amazonas

Deixe uma resposta

Leia Também

Em Manaus, 56 estabelecimentos são vistoriados pela Central de Fiscalização e dez são fechados

Em uma nova ação da Central Integrada de Fiscalização (CIF), coordenada pela Secretaria de…