Governo do Amazonas aplica golpe duríssimo contra pesquisadores da FAPEAM

97

Ao contrário da propaganda e da publicação inserida hoje no site da FAPEAM de que o Governo do Estado do Amazonas prioriza investimentos em pós-graduação e formação de recursos humanos, muitos pesquisadores tem se manifestado nas redes sociais devido o congelamento de bolsas de pesquisa ofertadas pela FAPEAM.

A reclamação em relação a Fapeam é bastante antiga. O órgão compete dar apoio a pesquisa científica de graduação, pós-graduação e mestrado no estado do Amazonas, é responsável pelo envio do pagamento das bolsas para estudantes que conseguem ter suas pesquisas financiadas.

Nesta manhã de terça-feira (13), a artista premiada internacionalmente e cientista ambiental Karine Aguiar  compartilhou em seu perfil do Facebook a seguinte mensagem.

Foto: Karine Aguiar e Ygor Saunier apresentando a musica amazonense no palco da sede mundial da UNESCO em Paris/França.
Foto: Karine Aguiar e Ygor Saunier apresentando a musica amazonense no palco da sede mundial da UNESCO em Paris/França.
Loading...

 

“A pesquisa no Estado do Amazonas precisa continuar avançando. O que o atual governo está tentando fazer com os projetos de pesquisa da ‪#‎FAPEAM‬, alegando que só irão permanecer recebendo bolsa aqueles que contribuem diretamente com o desenvolvimento do ‪#‎Amazonas‬ representa um golpe duríssimo no progresso intelectual, econômico e social deste Estado. O processo de seleção de projetos para serem financiados pela FAPEAM já é rigorosíssimo em seus critérios de avaliação quanto à relevância científica destes, logo, presume-se que TODOS os projetos a serem beneficiados pelas bolsas neste momento, representam potencial para o desenvolvimento do estado. Foram necessários 5 anos de pesquisa de campo em 8 municípios da Amazônia brasileira, para que concluíssemos o livro ‪#‎TamboresdaAmazonia‬, uma obra inédita na literatura musical mundial, que hoje está sendo lançado em algumas das mais respeitadas instituições de ensino do ‪#‎Brasil‬ como UNESP, UFMG, EMB e Souza Lima. Queremos estabelecer um ‪#‎diálogo‬ de alto nível e o ‪#‎respeito‬ com o Governo do Estado do Amazonas. Se estamos todos tentando caminhar em busca de dias melhores para o nosso povo, é mister admitir que somente com boas políticas públicas para a ‪#‎Educação‬ é que atingiremos o bem-estar socioeconômico que todos nós sonhamos em alcançar.”

Karine Aguiar de Sousa Saunier,
Mestranda em Dinâmicas Socioambientais na Amazônia pelo PPGCASA/UFAM.

Comentários

comentários