Governo do Amazonas decreta fim do programa “Barco Pai”

337

Chega ao fim o Programa de Atendimento Itinerante (PAI), o Barco-Pai, projeto feito em conjunto com a Secretária de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), que atendia os municípios do Amazonas e levava serviços de saúde a várias partes do Estado.

O programa contava com 3 embarcações: Todos Pela Vida I, II e III com capacidade para atender mais de 300 pessoas por dia com serviços de cidadania, justiça, saúde e assistência social à população que mora nas comunidades mais isoladas do interior do Estado, nas comunidades ribeirinhas as ações da agenda Criança Amazônia, estavam contribuindo para efetivar políticas públicas que beneficiam crianças e adolescentes e suas famílias.

Governo do Amazonas decreta fim de programa "Barco Pai" - Imagem: Sejusc
Governo do Amazonas decreta fim de programa “Barco Pai” – Imagem: Sejusc

Foram mais de 200 mil atendimentos: na saúde, emissão de documentos, preventivo do câncer de colo uterino, exames para o diagnóstico de doenças de pele, hanseníase, Doenças Sexualmente Transmissíveis – DST/AIDS e problemas cardíacos entre outros, o projeto chegou ao fim.

Governo do Amazonas decreta fim de programa "Barco Pai" - Imagem: Sejusc
Governo do Amazonas decreta fim de programa “Barco Pai” – Imagem: Sejusc

80 servidores do Barco Pai, com a parada das embarcações, foram realocados para 11 PAC’S da Capital, onde prestavam serviços na Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc). Porém com o término do contrato, os mesmos foram demitidos, e segundo eles, a população deve começar a sofrer com as longas filas para pegar senhas por conta da alta demanda.  Ex servidores alertam também para os problemas que serão enfrentados pela população com a paralisação das atividades das 3 embarcações do “Barco Pai”, que ficarão parados em um estaleiro.

Governo do Amazonas decreta fim de programa "Barco Pai" - Imagem: Sejusc
Governo do Amazonas decreta fim de programa “Barco Pai” – Imagem: Sejusc

NOTA DE ESCLARECIMENTO AADES

A Agência Amazonense de Desenvolvimento Econômico e Social – AADES vem a público prestar esclarecimentos acerca da rescisão do Contrato de Gestão nº 002/2017, instrumento jurídico que viabilizava a execução das atividades do “Projeto de Apoio Operacional às Ações de Atendimento Itinerante – Barco- Pai”, cuja finalidade consistia no apoio ao desenvolvimento de ações descentralizadas a serem realizadas de forma itinerante na estrutura do “Barco Pai”. Nesse sentido, considerando que se trata de um Projeto e este não se caracteriza como uma atividade permanente do Estado, e sim de um Programa do governo anterior, há a possibilidade, a qualquer tempo, de ocorrer a rescisão amigável em conformidade com as ações do governo atual. Por fim, ressalta-se que os PACs estão vinculados à SEJUSC, sendo esta responsável pelas diretrizes de seu funcionamento, não cabendo a AADES se manifestar a respeito.

Comentários