Inicial Notícias Amazonas Governo do Amazonas irá investir 9x mais na Saúde em 2020 do que foi investido em 2019

Governo do Amazonas irá investir 9x mais na Saúde em 2020 do que foi investido em 2019

3 minuto de leitura
0
52

O recurso para investimento no setor da saúde do Amazonas em 2020 será o equivalente a nove vezes o valor total que foi disponibilizado no orçamento elaborado pelo governo passado para ser aplicado na área em 2019. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (20/12) pelo governador Wilson Lima.

“No orçamento que tivemos em 2019, só colocaram R$ 5 milhões de investimento para a área da saúde. Para 2020, nós colocamos R$ 45 milhões para investimento”, informou o governador durante entrevista coletiva na sede do Governo do Amazonas, na zona oeste de Manaus.

Na noite de quarta-feira (18/12), a Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM) aprovou a Lei Orçamentária Anual (LOA), que fixa o orçamento do Governo do Estado para o próximo ano. Para a Susam, o orçamento total aprovado foi de R$ 2,6 bilhões. Na LOA de 2019, o orçamento para a saúde foi de R$ 2,4 bilhões.

Wilson Lima ressaltou que em 2020 a saúde também terá mais recursos para investimentos do tesouro federal. Isso porque o Governo do Amazonas conseguiu habilitar mais serviços junto ao Ministério da Saúde (MS).

“Conseguimos junto ao Ministério da Saúde a habilitação de serviços que a gente estava pleiteando há muito tempo. O que isso significa? Significa que o governo vai receber R$ 25 milhões a mais do que já recebia de recursos repassados pelo Ministério da Saúde. Isso vai ser fundamental para que a gente possa melhorar e ampliar serviços”, declarou o governador.

Investir em prioridades – O secretário de Estado de Saúde, Rodrigo Tobias, afirma que o novo orçamento possibilitará investimentos em unidades prioritárias, como maternidades, Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e o Hospital Universitário Francisca Mendes (HUFM).

“Vamos aplicar esse investimento, principalmente no hospital Francisca Mendes, maternidades, e na ampliação de unidades de Pronto Atendimento, como as UPAs de Tabatinga e de Itacoatiara”, afirmou Rodrigo Tobias.

O secretário destaca ainda que assim como em 2019, a pasta seguirá aplicando recursos no setor acima do mínimo exigido pela Constituição. “Essa é mais uma demonstração do compromisso deste governo com a área da saúde”, afirmou o titular da Susam.

De acordo com a LOA 2020, o total de recursos aplicados na saúde para o próximo ano representará 19,38% de todo o produto da arrecadação de impostos e transferências do Amazonas. Enquanto o investimento mínimo exigido pela Constituição é 12%.

Responsável pela gestão direta e indireta de 125 unidades de saúde, na capital e no interior, o Governo do Amazonas, historicamente, tem feito investimentos no setor acima da média nacional. Até o segundo quadrimestre de 2019 (janeiro a agosto), 17,6% dos recursos do Estado foram destinados à saúde.

Atualmente, a maior despesa da Susam é com pessoal e encargos sociais. Esse tipo de despesa vem crescente ao longo dos anos, segundo a LOA 2020. Em 2017 a folha foi de R$ R$ 848,7 milhões, em 2018 passou para R$ 900,3 milhões.

Os gastos com folha em 2019 ainda não foram consolidados, mas a projeção é para que encerre em R$ 984,8 milhões. Já a projeção para 2020 é a de que os gastos com pessoal e encargos sociais fiquem em R$ 1 bilhão. A Susam possui 21,1 mil servidores.

As atividades de maior execução de recurso no setor, depois da remuneração de pessoal, são: contratação de empresas assistenciais, compra de medicamentos e produtos para a saúde, operacionalização da rede de urgência e emergência, e administração (despesas com área meio).

Fotos: Bruno Zanardo/Secom

Governador Wilson Lima / Foto : Bruno Zenardo /SECOM

Comentários

Carregue Mais Notícias Relacionadas
Comentários estão fechados.