Home Notícias Amazonas Governo do Amazonas vai distribuir 4,5 mil toneladas de alimentos com o programa ‘Merenda em Casa’

Governo do Amazonas vai distribuir 4,5 mil toneladas de alimentos com o programa ‘Merenda em Casa’

3 min - tempo de leitura
242

O governador do Amazonas, Wilson Lima, acompanhou, nesta sexta-feira (24/04), o início da produção dos kits de alimentação escolar para serem entregues em Manaus. Está prevista a distribuição de 4,5 mil toneladas de alimentos pelo programa “Merenda em Casa”, da Secretaria de Estado de Educação e Desporto. O benefício vai alcançar mais de 400 mil estudantes em todo o Amazonas, garantindo também fomento à economia dos municípios do interior durante o período de prevenção e combate ao novo coronavírus.

Foto: Diego Peres/Secom

Os kits começam a ser entregues já a partir da próxima segunda-feira (27/04). Durante a visita, o governador Wilson Lima destacou a importância do benefício durante as aulas presenciais suspensas. “Nós temos que levar em consideração o viés social e a necessidade que as pessoas têm de ter o alimento em casa. Muitos alunos iam para escola para ter a merenda escolar. Nós estamos garantindo que isso continue. Estamos montando os kits para fazer entrega em domicílio dessa merenda”, destacou Wilson Lima.

O Amazonas será o primeiro Estado a fazer a entrega dos kits nas casas dos estudantes, como medida de segurança. “É o primeiro estado que começa a fazer essa entrega em domicílio, e inclusive é um modelo que já vai ser replicado para outros estados da federação”, disse o governador.

Wilson Lima falou, ainda, do fomento à economia dos municípios, já que as escolas fora da capital, em sua maioria, receberão recursos para fazer a montagem dos kits comprando dos comerciantes locais. “Vamos encaminhar os recursos para as escolas e, lá, as escolas poderão fazer a compra no comércio local. Isso é importante porque movimenta a economia por lá e nos ajuda na questão da logística”, explicou.

Foto: Diego Peres/Secom

Serão distribuídos 11 itens entre leite em pó, achocolatado, arroz, feijão, farinha, entre outros. Todo o kit está sendo montado conforme orientações do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) com base no atendimento que seria feito nas escolas.

Agricultura familiar – Além do fomento à economia no comércio local, a Secretaria de Estado de Educação e Desporto também está garantindo a compra de agricultores e produtores rurais que já estavam previstas para o ano letivo de 2020. As Chamadas Públicas representam investimentos de mais de R$ 32 milhões na produção rural.

Segundo o secretário Luis Fabian, as chamadas públicas iniciadas foram homologadas e irão complementar os kits do interior. “A Seduc homologou a maior chamada pública de agricultura familiar que o Estado já viu, contemplando agricultores dos 62 municípios. Além disso, em 2019, fizemos a chamada pública da agricultura familiar voltada para a educação indígena, algo que foi feito pela primeira vez no Brasil e que ocorreu no nosso Amazonas. Os produtos da agricultura familiar, tanto da educação indígena quanto da educação regular, serão utilizados para complementar os nosso kits, e esse é um feito histórico”, lembrou ele.

Megaoperação – A logística para a distribuição envolve centenas de profissionais. Desde a última quarta-feira (22/04), gestores, coordenadores, servidores da logística, transporte e infraestrutura da Secretaria de Educação iniciaram o recolhimento dos alimentos que já estavam nas escolas de Manaus. Os itens também devem compor os kits. Essa é uma medida para não deixar que se estraguem alimentos, já que as escolas estão fechadas.

A secretária executiva adjunta de Gestão da Secretaria de Educação, Rosalina Lobo, explicou que existe uma megaoperação para que todo o trabalho seja feito em tempo hábil. “Estamos em uma verdadeira operação de guerra para garantir que esses alimentos cheguem aos estudantes. É uma força logística muito grande que envolve transporte terrestre, fluvial”, ressaltou.

Em Manaus, cerca de 300 pessoas estão envolvidas no translado dos alimentos e 14 caminhões estão fazendo o transporte das escolas para a o galpão. É de lá que, posteriormente, sairão os kits para as escolas que serão Pontos de Apoio e depois a casa dos estudantes.

Interior – A Secretaria de Educação realiza nesta sexta-feira (24/04), às 14h, uma reunião por meio de videoconferência com os coordenadores regionais do interior. A reunião será para informar sobre a disponibilização dos recursos, compra dos itens estratégias seguras de distribuição e demais procedimentos que contemplam os municípios mais distantes da capital.

FOTOS: Diego Peres/Secom

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Emerson Tahan
Carregar Mais Em Amazonas

Deixe uma resposta

Leia Também

Governo do AM divulga mudanças nas medidas de restrição de circulação

Na tarde desta sexta-feira (5/3) o Governo do Amazonas divulgou mudanças nas medidas de re…