Home Notícias Amazonas Governo do Estado adquire 650 quilos de mel de meliponicultores de Boa Vista do Ramos

Governo do Estado adquire 650 quilos de mel de meliponicultores de Boa Vista do Ramos

3 min - tempo de leitura
57

Criadores de abelha sem ferrão para extração de mel, chamados meliponicultores, do município de Boa Vista do Ramos comercializaram 650 quilos de mel de abelha para o Programa Aquisição de Alimentos (PAA) da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), nesta quinta-feira (07/08). O mel foi doado a 300 famílias cadastradas no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do município, distante 271 quilômetros de Manaus.

Foto: Divulgação/Idam

A ação contou com o apoio do Governo do Amazonas, por meio da Sepror, via Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado (Idam), da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural (Semdru) e de produtores rurais.

De acordo com o gerente do Idam em Boa Vista do Ramos, Arlindo Rodrigues, o mel dos meliponicultores do município assistidos por técnicos do instituto é feito de forma sustentável e foi doado para famílias que têm idosos, crianças, adolescentes, grupos de mães e grávidas. “É muito importante que a gente consiga produzir mel de qualidade e que os apicultores possam vender sua produção, e participar do PAA garante a comercialização do produto”, acrescentou.

O coordenador do PAA no Amazonas, Tanis Castro, acrescentou que esta é a segunda entrega de mel no Amazonas referente ao PAA da Sepror 2019/2020. Cada quilo foi comercializado por R$ 45,83, tendo os meliponicultores recebido no total R$ 29.799,50 pela venda do mel de abelha, e a doação foi destinada ao Cras.

Foto: Divulgação/Idam

Produção – O meliponicultor Arlindo de Oliveira Filho conta que desde 2003 tem trabalhado com abelhas das espécies Melipona seminigra e Melipona interrupta manauense. “Atualmente, tenho 50 colônias de abelhas, cada uma com aproximadamente 5 mil abelhas, fornecendo entre quatro e cinco quilos de mel (cada colônia). Eu comercializei para o PAA 130 quilos de mel”, detalhou.

Segundo Arlindo, ele comercializou sua produção individualmente, assim como os demais meliponicultores. Entretanto, ele também faz parte da Cooperativa dos Criadores de Abelhas Indígenas da Amazônia (Coopmel), que tem 62 famílias de agricultores rurais de Boa Vista do Ramos associadas. O meliponicultor disse também que parte da produção do grupo fica em Boa Vista do Ramos, mas a maioria é vendida para Maués e Manaus.

Mais informações: Assessoria de Comunicação do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam): Renata Magnenti (99178-5486).

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Emerson Tahan
Carregar Mais Em Amazonas

Deixe uma resposta

Leia Também

Em Manaus, 56 estabelecimentos são vistoriados pela Central de Fiscalização e dez são fechados

Em uma nova ação da Central Integrada de Fiscalização (CIF), coordenada pela Secretaria de…