Greve de ônibus prejudica população em Manaus

7

Nas primeiras horas desta quarta-feira (9/12), rodoviários de algumas empresas de ônibus de Manaus entraram em greve.

A paralisação é uma resposta pelo atraso no pagamento de salários, e foi aderida pelas empresas Líder, Vegas e São Pedro. Até o momento, só saíram 16 carros da empresa São Pedro. Enquanto na Líder e na Vegas nenhum carro foi liberado para rodar. Segundo o Sindicato das Empresas do Transporte Coletivo do Amazonas (Sinetram), o salário deverá ser pago hoje, como ficou acertado na segunda-feira (7/12).

Oito das dez empresas aderiram à paralisação, sendo que algumas estão rodando com 70% da frota, outras circulando somente com 30%, e outras pararam totalmente. Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Transporte Rodoviário de Manaus (STTRM), Josildo Oliveira, o objetivo é parar tudo caso os trabalhadores não recebam o salário.

Foto: Carlos Eduardo
Foto: Carlos Eduardo

Comentários

comentários