História do Bairro: Alvorada

4209

Localizado na Zona Centro-Oeste de Manaus, o bairro Alvorada √© um exemplo da expans√£o que ocorreu na cidade a partir da d√©cada de 1960 e a sua hist√≥ria √© ligada √†s grandes constru√ß√Ķes da √©poca.

A origem do Alvorada √© diretamente relacionada com a constru√ß√£o do hoje extinto Est√°dio Vivaldo Lima, j√° que o fundador do bairro foi um dos trabalhadores da obra, um ind√≠gena nascido no Peru chamado Cezar Najar Fernandes que viu na mata por atr√°s do Vivald√£o um lugar para morar. ‚ÄúFui eu que levei o pessoal para morar naquela terra atr√°s do Vivaldo Lima, que era s√≥ mato com p√© de buriti. Eu fazia isso no fim de semana, na folga do trabalho‚ÄĚ, conta ‚Äúdoutor‚ÄĚ Cezar, como √© mais conhecido.

Segundo ele, o bairro come√ßou entre 1968 e 1969 e os primeiros moradores foram os pr√≥prios oper√°rios das obras do Vivald√£o, al√©m de algumas fam√≠lias que j√° viviam no lugar e pessoas vindas da ‚ÄúCidade Flutuante‚ÄĚ.

A hist√≥ria completa do Alvorada tamb√©m √© contada no livro ‚ÄúDa Palha ao Ouro, Alvorada Meu Tesouro‚ÄĚ, de autoria de Janciney Ara√ļjo, mais conhecido como Ney, morador antigo do bairro. Ele fala, em detalhes, como os oper√°rios entravam na mata e delimitavam as terras do que viria a se tornar o bairro. ‚ÄúO trabalho deles nas terras consistia em abrir caminhos nas matas para fazer a topografia, o arruamento e organizar a divis√£o dos lotes que teriam o tamanho padr√£o de 8 m x 20 m‚ÄĚ, explica.

No entanto, aquelas terras que estavam sendo ocupadas pertenciam a duas fam√≠lias importantes na cidade, a Bulbol e a Cabral. ‚ÄúUma boa parte pertencia, at√© onde se sabe, √† fam√≠lia Cabral, de onde √© hoje a rua Zero at√© mais ou menos as margens da Sapol√Ęndia.

Alvorada Foto: M√°rcio Rodrigues
Alvorada Foto: M√°rcio Rodrigues

Da rua 10 at√© a avenida Desembargador Jo√£o Machado (antiga estrada dos Franceses) era da fam√≠lia Bulbol‚ÄĚ, explica Ney Ara√ļjo.

O governo da √©poca, vendo que a ocupa√ß√£o j√° n√£o teria volta, desapropriou a terra das duas fam√≠lias e realizou um projeto para o bairro, loteando as terras. No entanto, Alvorada n√£o foi o primeiro nome do bairro, pois o local j√° foi conhecido pelas alcunhas de bairro da Promessa e Cidade Sat√©lite, mas o nome que √© at√© hoje mais lembrado era a denomina√ß√£o de Cidade das Palhas. Ney Ara√ļjo explica o porqu√™ do nome. ‚ÄúNo come√ßo, quem distribu√≠a os terrenos para quem quisesse morar ali era o ‚Äúdoutor‚ÄĚ Cezar mesmo, e ele dava um prazo de 30 dias para as pessoas constru√≠rem as casas, o que √© pouco tempo, por isso os moradores tinham casas cobertas de palhas, da√≠ veio o nome Cidade das Palhas‚ÄĚ, explica.

J√° o atual nome foi dado pelo pr√≥prio ‚Äúdoutor‚ÄĚ Cezar, que antes de chegar a Manaus trabalhou na constru√ß√£o de Bras√≠lia, e, como homenagem ao Pal√°cio da Alvorada, batizou o at√© ent√£o bairro Cidade das Palhas, de Alvorada. Logo o nome come√ßou a ficar popular entre os moradores at√© que se tornou o nome oficial do bairro.

Hoje com 44 anos, o aniversário do bairro da Alvorada é comemorado no dia 2 de junho, data considerada como a de fundação do local.

BAIRRO ATUALMENTE

Hoje, o bairro Alvorada é dividido em três bairros, Alvorada I, II e III, mas segundo a Associação dos Moradores, para a prefeitura e de forma oficial, tudo é considerado somente Alvorada.

Coment√°rios