História do bairro РNossa Senhora das Graças

2046

O bairro Nossa Senhora das Graças surgiu há 72 anos. Foi fundado em 27 de novembro de 1940 e era apenas um beco onde morava o senhor Alfredo Coelho Macedo. Ele ficou tão conhecido pelos outros moradores que ali se instalaram, que o beco foi chamado de Beco do Macedo.

bairro Nossa Senhora das Graças em Manaus
bairro Nossa Senhora das Graças em Manaus

O beco estava localizado próximo a um hipódromo, que mais tarde foi transformado em estádio de futebol, o Parque Amazonense. A área ainda existe, mas serve para a prática esportiva e atividades sociais da comunidade.

O Antigo Est√°dio Parque Amazonense
O Antigo Est√°dio Parque Amazonense

O Est√°dio Parque Amazonense

Foi muito utilizado pela população de Manaus e era localizado no Beco do Macedo, ficando numa vasta área do bairro da Vila Municipal, hoje Adrianópolis, com entrada principal pela rua Belém. Mais tarde parte dessa área foi ocupada e transformada em bairro. O terreno pertenceu a um cidadão português e depois foi doado à Maçonaria, que voltou a por em funcionamento um hipódromo e um campo de futebol, onde ocorriam os grandes clássicos do futebol Amazonense, tais como : Rio Negro e Nacional, Rodoviário e Américo, Nacional e Fast Clube e Auto Sporte e Olímpico Clube.

Antigamente

Na d√©cada de 1970, os moradores do Beco do Macedo receberam um padre que fez muito pela comunidade, o italiano C√©sar La Rocca, que ainda mora no bairro. Com a ajuda do povo e do poder p√ļblico, ele construiu uma capela para a comunidade exercer a pr√°tica do catolicismo.

Com a ado√ß√£o de Nossa Senhora das Gra√ßas como a padroeira do locaal, o nome do bairro foi modificado para o nome da santa. Apesar dessas mudan√ßas terem ocorridas entre as d√©cadas de 1970 e 1980, muita gente ainda conhece o bairro como Beco do Macedo. Dentro do bairro, est√° o Hospital Universit√°rio Get√ļlio Vargas (HUGV) e a Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), al√©m do hist√≥rico cemit√©rio S√£o Jo√£o Batista e do reservat√≥rio do Moc√≥, que no in√≠cio do s√©culo passado, abasteceu a cidade com √°gua pot√°vel.

Coment√°rios