Holanda cria regras para proteger suas tulipas das selfies dos turistas

74

Em plena temporada de primavera na Holanda, os floricultores dos grandes campos de tulipas precisaram refor√ßar as a√ß√Ķes para proteger as flores das selfies dos turistas, que euf√≥ricos com a beleza do lugar, pisoteiam os canteiros para conseguir um melhor √Ęngulo para suas fotos. Neste ano, avisos, placas e alertas de funcion√°rios foram espalhados pelas pradarias.

Durante os meses de março, abril e maio, milhares de turistas estrangeiros visitam a Holanda para contemplar o explendor dos campos de tulipas colorindo a paisagem. A falta de consideração de alguns, que exageram na empolgação, pode causar prejuízos que chegam a até 10 mil euros por temporada, para cada agricultor holandês.

“Claro que estamos contentes com a aten√ß√£o e as visitas, nos d√° muita publicidade, mas eles devem respeitar o nosso esfor√ßo, para que todos possamos aproveitar resultado”, disse Simon Pennings, um produtor de tulipas de Bollenstreek, no oeste da Holanda, onde cultiva flores h√° mais de 40 anos.

Ao observar que os visitantes n√£o poupavam nem as flores para buscar o melhor √Ęngulo para suas selfies, Pennings decidiu iniciar uma campanha que contou com a ades√£o de outros produtores do pa√≠s. V√°rios cartazes em ingl√™s foram colocados nos campos, alertando os visitantes sobre o problema. “Aproveite as flores, respeite nosso orgulho”, dizem as frases.

“Desejamos que todo mundo aproveite as flores, mas n√£o queremos tomar a decis√£o de bloquear o acesso e colocar cercas; s√≥ advertir aos turistas que devem ter cuidado”, explicou. “H√° d√©cadas cultivo bulbos, e a atitude dos turistas √© cada vez pior e menos respeitosa. As pessoas caminham pelos campos, indo de um lugar a outro, causando danos e pisoteando as tulipas. H√° lugares onde 300 pessoas circulam ao mesmo tempo em um s√≥ campo”, concluiu Pennings.

Os organizadores da a√ß√£o mobilizaram produtores locais, a rede de companhias de cultivo Flower Science e os munic√≠pios mais movimentados da regi√£o. As mensagens foram colocadas nas barreiras de acesso aos canteiros onde ficam os bulbos. A Flower Science disse, em nota, que “√© um grito de ajuda do setor para proteger as flores dos visitantes mais entusiasmados”.

O parque Keukenhof, nome dado aos 32 hectares por onde se estendem os campos de tulipas da Holanda, ocupa fazendas em Hillegom e Lisse, localidades que ficam a apenas meia hora de Amsterdã, capital do país. A temporada das flores dura cerca de oito semanas e exige a contratação de 1,3 mil trabalhadores extras, além de novos guias para os finais de semana, que explicam a história, o comércio dos bulbos, o processo de crescimento das tulipas, e claro, orientam sobre os cuidados que os turistas precisam ter com os canteiros e onde podem pisar para tirar fotos.

“A educa√ß√£o √© o n√ļcleo da campanha. Os turistas ser√£o recebidos de forma hospitaleira e ser√£o informados sobre onde podem tirar fotos, para evitar que vaguem pelos campos”, informou a organiza√ß√£o. Este ano, o parque Keukenhof reservou um espa√ßo para os aficionados por selfie com um fundo colorido para registrar as imagens, evitando que destruam os canteiros para posar entre as flores.

Holanda cria regras para proteger suas tulipas das selfies dos turistas  / Foto : Pixbay
Holanda cria regras para proteger suas tulipas das selfies dos turistas / Foto : Pixbay

 

Coment√°rios