Homem tira espinha com l√Ęmina de carpintaria e contrai fungos

478

Algumas pessoas sentem extrema fascina√ß√£o em ver espinhas e cravos sendo retirados. Por√©m, nem todo mundo tem dinheiro para contratar um profissional, por isso acaba apelando para algu√©m que esteja por perto. Na falta de outra pessoa, tem gente que vai atr√°s de outros utens√≠lios. Um homem de 23 anos, que mora no condado de Cook, pr√≥ximo a Chicago, nos EUA, e que n√£o teve o nome divulgado, arrancou uma grande espinha com uma l√Ęmina de carpintaria e se arrependeu do feito.

Nos sete meses seguintes √† ‚Äúopera√ß√£o‚ÄĚ improvisada, seu l√°bio inferior virou uma ferida em carne viva. De acordo com um relat√≥rio do caso no Journal of Emergy Medicine, tratava-se de uma ‚Äúplaca grande, com crostas, verrugosa, eritematosa, com uma borda ondulada, abaixo do l√°bio inferior com vermelhid√£o‚ÄĚ.

Apesar da apar√™ncia nojenta, o paciente relatou n√£o sentir dor. Os exames apontaram uma contamina√ß√£o por um fungo chamado Blastomyces dermatitidis, respons√°vel pela blastomicose. Como esse fungo normalmente est√° no solo ou em madeiras em decomposi√ß√£o perto de rios e c√≥rregos, √© muito mais comum de as pessoas respirarem seus esporos e apresentarem uma infec√ß√£o pulmonar ‚Äď normalmente apresentando sintomas semelhantes √† gripe.

A blastomicose cut√Ęnea, que √© a entrada do fungo no corpo humano atrav√©s de uma ferida, √© extremamente rara. Apenas 50 casos foram encontrados at√© hoje! Segundo o relat√≥rio, o tratamento √© simples, mas demorado. O homem que apresentou a doen√ßa no l√°bio teve acompanhamento apenas nas duas primeiras semanas e teve uma melhora significativa, mas a √°rea labial pode levar at√© 12 meses para ficar totalmente curada.

Homem tira espinha com l√Ęmina de carpintaria e contrai fungos
Homem tira espinha com l√Ęmina de carpintaria e contrai fungos / Divulga√ß√£o

Fonte : Meio Norte

Coment√°rios