IBGE divulga a nova expectativa de vida dos amazonenses. Saiba qual é

91

A m√©dia de vida dos brasileiros agora √© de 75,8 anos. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estat√≠stica (IBGE), divulgados nessa sexta-feira (1¬ļ), mostram que houve um acr√©scimo de alguns meses de vida em compara√ß√£o a 2014 – 75,2 anos. No estado do Amazonas, a expectativa de vida passou dos 71,4 anos em 2014 para 71,9 em 2016.

O n√ļmero de idosos tamb√©m vem crescendo no estado. Em 2001, eram 102 mil pessoas com 60 anos ou mais. Em 2016, a m√©dia pulou para 308 mil pessoas nessa faixa et√°ria – mais que o triplo registrado h√° 15 anos. Nesse crit√©rio, o Amazonas s√≥ perde para o Par√° dentro dos estados do Norte – s√£o 799 mil paraenses a partir dos 60 anos.N√ļmero de idosos vem crescendo no Pa√≠s e em estados como o Amazonas

Em contrapartida, o n√ļmero nacional de crian√ßas at√© nove anos caiu, segundo o IBGE. A queda foi de 4,7% de 2012 para 2016 – enquanto a taxa de idosos cresceu 16% nesse mesmo per√≠odo no Pa√≠s. A preocupa√ß√£o, segundo especialistas, √© que o crescimento dessa parcela da popula√ß√£o cause problemas ao sistema previdenci√°rio. Em 2014, a situa√ß√£o era a seguinte: 33 jovens economicamente ativos trabalhavam para pagar a aposentadoria de 21 idosos. A proje√ß√£o √© que em 2060 a conta passe a ser de 24 jovens para 63 idosos.

“√Ä medida que o Pa√≠s for envelhecendo, a tend√™ncia √© que a situa√ß√£o [da previd√™ncia] se torne calamitosa. Realmente, o Governo Federal vai ter muita dificuldade em fechar suas contas”, prev√™ o pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia da Funda√ß√£o Getulio Vargas (IBRE – FGV) Bruno Ottoni. De acordo com dados do Tesouro Nacional, o d√©ficit nacional com a previd√™ncia deve ultrapassar os R$ 181 bilh√Ķes em 2017.

Gastos com aposentadoria

Em 2014, a expectativa de vida das mulheres amazonenses era de 75 anos de idade, quase a mesma da média nacional no mesmo ano. Já os homens registraram média de 68,2 anos em 2014.

Bruno Ottoni afirma que os gastos com previd√™ncia no Brasil s√£o altos. No estado amazonense, s√≥ com pagamento para aposentados foram gastos R$ 1,6 bilh√£o. “Nossa previd√™ncia hoje consome uma quantidade absurda de recursos do Governo e n√≥s ainda somos um Pa√≠s jovem. A nossa transi√ß√£o demogr√°fica ser√° muito acelerada. O que a Fran√ßa fez em 100 anos, e alguns outros pa√≠ses europeus tamb√©m fizeram em muitos anos em termos de transi√ß√£o demogr√°fica ou velocidade de envelhecimento, n√≥s faremos em 20 anos. Ent√£o, daqui a 20 ou 30 anos, o Brasil vai ser um pa√≠s relativamente velho”, projeta o pesquisador.

Na França, a idade mínima para aposentadoria é de 65 anos para ambos os sexos, assim como no México e no Japão. No Brasil, não existe esse critério. E é isso que a reforma da Previdência quer propor. Para os homens, a idade para aposentadoria seria de 65 anos. Para as mulheres, 62.

“A reforma da previd√™ncia n√£o √© s√≥ necess√°ria, ela √© fundamental para o equil√≠brio das contas p√ļblicas”, afirma o economista e professor da Universidade de Bras√≠lia (UnB) C√©sar Bergo. A reforma est√° prevista para ser votada ainda neste ano pelo Congresso Nacional e precisa de 308 votos favor√°veis para ser aprovada.

Expectativa de vida dos amazonenses é de 71,9 anos / Foto : Divulgação
Expectativa de vida dos amazonenses é de 71,9 anos / Foto : Divulgação

Por Jalila Arabi / Agência do Rádio

Coment√°rios