Idosa de 61 anos morre ao tentar escapar pela janela do seu amante

858

Segundo a PM, os dois estavam na casa do homem quando sua namorada chegou.

Na madrugada do último domingo (29/7), uma mulher, de 61 anos, sofreu morte cerebral após cair de uma janela e bater a cabeça. Vera Lúcia Moreira de Sousa tentava escapar da casa do amante com uma corda feita de lençóis quando o acidente aconteceu.

Ela ainda foi ocorrida Hospital Regional de Sorocaba (SP), mas não resistiu. O amante, o empresário Antônio Filho, de 68 anos, esteve na delegacia na segunda-feira (30) e, acompanhado do advogado, prestou depoimento e foi liberado.

Segundo o homem, para evitar a descoberta, os dois tiveram a ideia de amarrar lençóis em formato de corda, para que ela descesse por uma janela que fica a 3,5 metros do chão. A mulher já tinha descido 2 metros quando se desequilibrou e bateu a cabeça. Ele teria ainda chamado o irmão, seu vizinho, para levá-la ao hospital.

O caso foi registrado como lesão corporal gravíssima e suspeita de violência doméstica no plantão da Delegacia Norte de Sorocaba. As investigações, agora, seguem a cargo da Delegacia de Defesa da Mulher. As informações são da Veja SP.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Comentários