Igarapé do 40 РIgarapé Sólido

1574

Cena assustadora que tomou conta dos noticiários de hoje.  A constatação óbvia, não deveria causar tanto espanto. Aliás, não é só o igarapé do 40 que é extremamente poluído, diga-se de passagem ex-igarapé.

Na zona oeste, outrora, também havia o límpido e corrente igarapé do franco. Hoje, infelizmente, também, jaz.

A solução chama-se saneamento básico.

Abaixo matéria do jornal Acrítica e matéria assinada por Luana Carvalho

√Āguas do Igarap√© do 40 s√£o cobertas por uma ‚Äėcrosta‚Äô de fezes

O cenário assusta até quem está acostumado a cortar caminho pela rua Paranavaí, que cerca o igarapé do 40, no bairro Raiz, Zona Sul
Manaus (AM) , 17 de Junho de 2015
LUANA CARVALHO

A √°gua est√° coberta por uma camada espessa de material org√Ęnico e lixo
A √°gua est√° coberta por uma camada espessa de material org√Ęnico e lixo (M√°rcio Silva )

‚Äú√Č uma paisagem muito horr√≠vel, praticamente um rio de merda (sic)‚ÄĚ, reclamou a dona de casa Suelly Viana, 47, enquanto passava pela ponte que corta o igarap√© do 40, no bairro Raiz, Zona Sul. ‚ÄúPara caminhar por aqui, s√≥ tapando o nariz‚ÄĚ.

O cen√°rio assusta at√© quem est√° acostumado a cortar caminho pela rua Paranava√≠, que cerca o igarap√©. ‚ÄúMoro no bairro Santa Luzia, mas sempre passo por aqui quando vou trabalhar. Estou perplexo com tamanha polui√ß√£o. Falta muita conscientiza√ß√£o por parte da popula√ß√£o e vontade do poder p√ļblico‚ÄĚ, comentou o pintor Rui Queiroz, 54.

A √°gua est√° coberta por uma camada espessa de material org√Ęnico e lixo
A √°gua est√° coberta por uma camada espessa de material org√Ęnico e lixo (M√°rcio Silva )

Segundo a estimativa mais atualizada do Instituto Brasileiro de Geografia e Estat√≠stica (IBGE), a cidade conta hoje com pouco mais de 2 milh√Ķes de habitantes. Apenas 62 localidades (entre bairros e conjuntos residenciais) possuem sistema de tratamento de esgoto, de acordo com informa√ß√Ķes obtidas com a Manaus Ambiental.

A polui√ß√£o j√° atingiu todos os igarap√©s que cortam a capital e a falta de saneamento √© refletida na paisagem e em n√ļmeros. Uma pesquisa divulgada pelo Instituto Trata Brasil em abril deste ano colocou Manaus entre os 20 piores munic√≠pios no ranking do saneamento. O estudo avaliou os servi√ßos de √°gua e esgoto dos cem maiores munic√≠pios do Brasil.

‚ÄėConsequ√™ncias‚Äô

Para o pesquisador de recursos h√≠dricos do Instituto Nacional de Pesquisas da Amaz√īnia (Inpa) S√©rgio Bringel, o que se v√™ √© a ‚Äúconsequ√™ncia de uma a√ß√£o antr√≥pica (altera√ß√Ķes realizadas pelo homem) que est√° ocorrendo atrav√©s da entrada de efluentes dom√©sticos (esgotos) nos cursos d‚Äô√°gua‚ÄĚ.

Prova disto, explica Bringel, √© que a crosta que est√° encobrindo as √°guas do igarap√© exala um odor insuport√°vel, resultado de excrementos humanos despejados, diariamente, nos igarap√©s. ‚ÄúEsse odor prejudica a sa√ļde da popula√ß√£o. Quem inala constantemente esse g√°s pode sofrer com irrita√ß√£o por conta do enxofre. E se for inalado em alta dosagem, pode se tornar altamente prejudicial √† sa√ļde‚ÄĚ, alertou Bringel.

Al√©m disso, a ‚Äúcrosta‚ÄĚ consome oxig√™nio e ocasiona a mortandade de animais aqu√°ticos. O processo de fotos√≠ntese tamb√©m √© impedido, pois a luz solar n√£o penetra nas √°guas, destruindo fibras e todos os tipos de vidas aqu√°ticas.

‚ÄėExplica√ß√£o‚Äô

Para uma explica√ß√£o mais exata sobre os elementos que comp√Ķem a crosta que encobriu o igarap√© do 40, uma an√°lise laboratorial seria necess√°ria. Mas, para S√©rgio Bringel, √© poss√≠vel dar uma explica√ß√£o analisando ‚Äúa olho nu‚ÄĚ. ‚ÄúEsta crosta est√° relacionada a excremento humano (fezes) que se forma nos leitos dos igarap√©s. Essa mat√©ria org√Ęnica se desprende do solo e flutua, principalmente quando h√° aumento do volume de √°gua ou uma movimenta√ß√£o no leito do rio‚ÄĚ, esclareceu, ao apontar que essa movimenta√ß√£o pode ser causada, por exemplo, por uma forte chuva, como a que ocorreu no fim de semana em parte da cidade.

Blog: Sérgio Bringel, Pesquisador de Recursos Hídricos do Inpa

Pesquisador de Recursos H√≠dricos do Inpa Esta crosta est√°, seguramente, relacionada a material org√Ęnico, ou, melhor dizendo, excremento humano que precipita ( solidifica√ß√£o em consequ√™ncia de rea√ß√£o qu√≠mica) e se forma nos leitos dos igarap√©s. Essa mat√©ria org√Ęnica se desprende do solo e flutua principalmente quando h√° aumento do volume de √°gua ou uma grande movimenta√ß√£o. Nesse movimento, os gases que estavam presos s√£o liberados. O principal deles √© o g√°s sufidrico (H2S) , que √© justamente o resultado da decomposi√ß√£o da mat√©ria org√Ęnica. Isso ocasiona uma baixa concentra√ß√£o de oxig√™nio, porque a crosta consome todo o oxig√™nio absolvido na √°gua. Sem oxig√™nio, n√£o h√° vida neste igarap√©. Essa crosta na superf√≠cie tamb√©m impede a penetra√ß√£o da luz na √°gua, e sem fotos√≠ntese, consequentemente acaba-se com o in√≠cio da cadeia alimentar para seres aqu√°ticos‚ÄĚ.

Coment√°rios