Inaugurada primeira escola bil√≠ngue da rede p√ļblica do Amazonas

146

A abertura do ano letivo de 2016, da rede p√ļblica estadual de ensino do Amazonas, na segunda-feira (15/02), foi marcada pela reinaugura√ß√£o da Escola Estadual de Tempo Integral Bil√≠ngue Professor Djalma da Cunha Batista, em Manaus. Agora os alunos da institui√ß√£o poder√£o contar com nova infraestrutura e aprender a l√≠ngua japonesa.

Foto: Seduc-AM
Foto: Seduc-AM

√Č a primeira escola p√ļblica de educa√ß√£o b√°sica a oferecer ensino bil√≠ngue de japon√™s e portugu√™s. Os estudantes aprovaram a novidade. A Escola Djalma Batista agora tem capacidade para atender a 1.100 alunos do 6¬ļ ao 9¬ļ ano do ensino fundamental em tempo integral.

Ser√° instalada uma sala tem√°tica equipada com modernos aparelhos de √°udio, v√≠deo e leitura, para o ensino de japon√™s,. O termo de doa√ß√£o dos equipamentos foi assinado pelo governador do estado, Jos√© Melo, e pelo c√īnsul-geral do Jap√£o em Manaus, Kazuo Yamazaki.

O governador José Melo destacou que a iniciativa é uma forma de investir na qualificação de mão de obra para o polo industrial da capital amazonense. 87 empresas no Distrito Industrial, que têm origem ligada ao Japão.

A escola vai contar com cinco professores de japon√™s, entre eles uma nativa, e um curr√≠culo diferenciado por causa do ensino bil√≠ngue. A iniciativa vai ser desenvolvida em parceria com a Associa√ß√£o Nipo-Brasileira da Amaz√īnia Ocidental (Nipaku) e com a Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Coment√°rios