Inicial Notícias Manaus Internautas denunciam preço abusivo de Álcool Gel e Máscara em Manaus

Internautas denunciam preço abusivo de Álcool Gel e Máscara em Manaus

2 minuto de leitura
0
175

Ontem (16), o Procon-AM disse que preços abusivos de álcool em gel são ‘Fake News’. O órgão adotou fiscalização em estabelecimentos, que vendem o produto, e que, até o momento, os preços estão dentro da normalidade e que há deficiência no estoque de álcool em gel e máscaras descartáveis.

Embora o Procon-AM não tenha encontrado nenhuma irregularidade, a Semdec – Secretaria de Defesa do Consumidor e Ouvidoria – Procon Manaus atuou na noite da segunda-feira, 16/3, uma drogaria localizada no bairro D. Pedro I, Zona Centro-Oeste.

A fiscalização foi feita após consumidora denunciar o preço abusivo do álcool em gel em quase 70% do valor. O estabelecimento tem 10 dias para apresentar defesa.

“Não vamos deixar que os cidadãos sejam lesados pelo aumento injustificável deste item, especialmente em um momento tão delicado de saúde pública.”, afirmou o Procon Manaus por meio das redes sociais.

Procon Manaus autua drogaria por preço abusivo de álcool em gel
Procon Manaus autua drogaria por preço abusivo de álcool em gel

Hoje uma nova denúncia foi feita pelas redes sociais, devidamente registrado com fotos a internauta Súh Vieira colocou a boca no trombone e denunciou uma Farmácia no bairro do Educandos, zona sul de Manaus. De acordo com a internauta, a farmácia está vendendo a unidade da máscara a R$ 3 reais e a caixa com 50 unidades a R$ 100 reais, além disso, e o álcool em gel está beirando os R$ 40 reais!

Orientação ao consumidor

Os consumidores podem repassar ao órgão os casos de cobrança abusiva desses produtos, sem esquecer de informar o endereço do estabelecimento. Caso o consumidor se sinta lesado, o Procon sugere que o consumidor entre em contato com a Secretaria Municipal de Direito do Cidadão e Ouvidoria – Procon Manaus (Semde), enviando informações sobre local e os preços praticados para o 0800 092 0111 ou pelo WhatsApp (92) 98842-3030 (somente mensagens). Consumidores também podem entrar em contato por meio das redes sociais.

Comentários

Carregue Mais Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta