Home Notícias Irmãs Lins processam Leandro Hassum e pedem 100 mil reais por terem sido chamadas de burras

Irmãs Lins processam Leandro Hassum e pedem 100 mil reais por terem sido chamadas de burras

1 minutos lido
3,893

Após o escândalo envolvendo a vacinação das médicas Isabelle e Gabrielle Lins repercutir em todo o país, o humorista Leandro Hassum comentou durante o programa Encontro com Fátima Bernardes, a acusação de que as médicas furaram a vila em Manaus. Agora, as irmãs pedem na justiça que Hassum pague uma indenização no valor de R$100 mil por ter falado sobre o assunto em rede nacional.

Em 22 de janeiro, Fátima apresentou a reportagem sobre a vacinação na capital amazonense e perguntou de Leandro o que ele achava, e ele disse:  “Quando eu vejo quando posta, eu já acho burra. Primeira coisa que vem é que é burra. Se quer fazer besteira, pra quê que posta? Olha eu fazendo besteira aqui, gente! Acho um absurdo, Fatima”, expôs o humorista.

Após o trecho do programa viralizar, Isabelle e Gabrielle Lins entraram com uma ação de indenização por danos morais contra Leandro Hassum. O Portal CM7 teve acesso ao processo movido contra o humorista, onde segundo as gêmeas, Leandro se deixou manipular por relatos destorcidos da imprensa, sem se aprofundar de fato no que aconteceu, e acabou prejudicando as mesmas com o comentário.As médicas usam como defesa que acima de tudo são profissionais da saúde, e que o Poder Público que deveria ter organizado a fila da vacinação. Logo, as mesmas não se consideram erradas em momento algum. Diante dos pontos abordados, Isabelle e Gabrielle Lins pedem que Leandro pague para cada uma delas o valor de R$50 mil e ainda se retrate publicamente nas redes sociais sobre o ocorrido.

Via: CM7

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Roger Siqueira
Carregar Mais Em Notícias

Deixe uma resposta

Leia Também

Homem corta o próprio pênis e os testículos, Confira vídeo

Cortou o pênis porque o filho teve relação com a própria mãe Um homem de 45 anos cortou o …