José Aldo retorna em fevereiro ao UFC lutando contra Holloway em Nova York

38

Ap√≥s muitas pol√™micas e confus√Ķes ao longo de 2016, Jos√© Aldo, que inclusive chegou a anunciar sua aposentadoria, oficializou nesta segunda-feira (12) a data para o seu retorno ao oct√≥gono do UFC. A data escolhida pelo campe√£o foi 11 de fevereiro, na cidade de Nova York (EUA), quando o manauara colocar√° seu cintur√£o dos penas em jogo pela primeira vez desde que reassumiu o posto de campe√£o.

Em conversa com jornalistas na cidade do Rio de Janeiro, durante lan√ßamento da miniss√©rie sobre sua vida, Aldo revelou que encara Max Holloway no show de n√ļmero 208 da organiza√ß√£o, e que embora n√£o pudesse comentar sobre o assunto, j√° era sabido que o vencedor do duelo entre Max Holloway e Anthony Pettis seria o seu advers√°rio.

‚ÄúEu j√° sabia que o Conor n√£o iria mais voltar para a categoria. Sobre a luta de fevereiro, j√° sabia, s√≥ n√£o sabia com quem ia ser. Seria ele [Holloway] ou o Pettis, mas todos j√° sabiam. E vai acontecer em 11 de fevereiro. J√° estava fechado bem antes, s√≥ n√£o podia anunciar‚ÄĚ, narrou.

Curiosamente, o rival Holloway passou a provocá-lo repetidamente nos dias anteriores à sua luta contra Pettis mas logo depois do combate, na coletiva de imprensa, afirmou que não sabia se a data seria de seu interesse por priorizar passar o natal com seu filho, que faz aniversário no final do ano. Discurso esse que não ganhou o respeito do brasileiro.

‚ÄúA data est√° certa. Vou lutar nesse dia, com ele ou com outro. Se ele n√£o aparecer, o problema √© dele. Todo mundo tem fam√≠lia e filho. Quem quer ser campe√£o n√£o tem nada de data. J√° lutei e treinei em natal e ano novo. √Č bem f√°cil analisar e ver quem vai aparecer. J√° estava certo com o UFC a data‚ÄĚ, provocou, mas n√£o sem antes analisar o rival.

Depois de carregar uma invencibilidade de dez anos no MMA e ser o primeiro campeão peso-pena (66 kg) do UFC, Aldo deixou claro que sua confiança segue em alta. Ao ser questionado sobre o estilo do adversário, que embalou dez triunfos seguidos na organização, o brasileiro deu nova amostra de que não vê perigo no estilo do havaiano.

‚ÄúN√£o tem para onde correr. De fuj√£o j√° basta o Conor, que j√° est√° h√° um ano sem pisar na categoria. Foi luta dura, mas o Pettis est√° em decand√™ncia, ent√£o j√° esperava que o Holloway poderia vencer‚ÄĚ, analisou. ‚ÄúN√£o parei para estudar ele ainda. Luta √© luta. N√£o vejo onde ele possa me vencer, no ch√£o, no wrestling, nada. Tem grandes vit√≥rias, mas sem express√£o nenhuma. N√£o sei de onde ele est√° achando que √© isso tudo. √Č mais um lutador normal‚ÄĚ.

José Aldo confirma retorno para fevereiro no UFC Nova York contra Holloway Foto : AP Photo/John Locher
José Aldo confirma retorno para fevereiro no UFC Nova York contra Holloway
Foto : AP Photo/John Locher

Coment√°rios